São Paulo atinge 11 expulsões em 12 jogos da Conmebol

As expulsões de Cueva e Petros na vitória por 1 a 0 sobre o Rosario Central, na quarta-feira, pela Copa Sul-Americana fizeram o São Paulo chegar a 11 cartões vermelhos nos últimos 12 jogos da equipe em torneios organizados pela Conmebol, contando também a Libertadores da América.

Destaque para três expulsões em dois jogos contra o Atlético Nacional, da Colômbia, na semifinal da Libertadores de 2016. Uma delas foi a de Maicon, por tapa em Borja, agora no Palmeiras. O zagueiro tinha acabado de ser comprado pelo Tricolor por R$ 22 milhões.

Maicon quando foi expulso contra o Atlético Nacional (Foto: Marcos Ribolli)

Maicon quando foi expulso contra o Atlético Nacional (Foto: Marcos Ribolli)

Esse retrospecto conta apenas três edições: a Libertadores de 2016, a Copa Sul-Americana de 2017 e também a atual edição desse torneio. Veja abaixo a lista das expulsões:

  • Libertadores de 2016: João Schmidt, contra o River Plate
  • Libertadores de 2016: Denis, contra o The Strongest
  • Libertadores de 2016: Calleri, contra o The Strongest
  • Libertadores de 2016: Centurión, contra o Toluca
  • Libertadores de 2016: Maicon, contra o Atlético Nacional
  • Libertadores de 2016: Wesley, contra o Atlético Nacional
  • Libertadores de 2016: Lugano, contra o Atlético Nacional
  • Copa Sul-Americana de 2017: Buffarni, contra o Defensa y Justicia
  • Copa Sul-Americana de 2018: Rodrigo Caio, contra o Rosario Central
  • Copa Sul-Americana de 2018: Cueva, contra o Rosario Central
  • Copa Sul-Americana de 2018: Petros, contra o Rosario Central

Classificado para a próxima fase da Copa Sul-Americana, o São Paulo só voltará a jogar pelo torneio depois da Copa do Mundo. O adversário será definido em sorteio depois que todos os classificados forem definidos. Contra quem quer que seja, o Tricolor não poderá contar com Cueva e Petros.

Fonte: Globo Esporte

3 comentários em “São Paulo atinge 11 expulsões em 12 jogos da Conmebol

  1. Injusto… se tivéssemos Luís Fabiano seriam pelo menos 12 expulsões…

    Saudade das voadoras… saudades daqueles que em vez de bater o pênalti ajudavam na briga! Kkkkkk

  2. Estas duas últimas, principalmente do nosso grande líder (sic), foi extremamente prejudicial ao nosso próximo adversário. O clube que for sorteado para nos enfrentar, acredito que entrará na Justiça para anular a suspensão automática.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*