São Paulo arrasa o Botafogo e encosta no G4

Com grandes atuações de Lucas e Luis Fabiano, o São Paulo goleou o Botafogo nesta quinta-feira, no Morumbi, pelo placar de 4 a 0, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor paulista se aproveitou de um Alvinegro combalido na defesa e conquistou um grande resultado, que deixa o time de Ney Franco na quinta posição da tabela, com 34 pontos, apenas um atrás do Vasco, o último do G4.

O Botafogo, por sua vez, segue com 28 pontos, e cada vez mais longe do G4. Para piorar, Clarence Seedorf ainda saiu lesionado no segundo tempo. Na próxima rodada, a equipe treinada por Oswaldo de Oliveira enfrenta o Coritiba, no Engenhão, às 18h30 de domingo. O São Paulo encara o Bahia no mesmo dia, mas às 16h, em Pituaçu (BA).

 

O CARA DO JOGO:

Quem foi o melhor jogador do São Paulo na vitória sobre o Bota?

Quem foi o melhor jogador do Botafogo no Morumbi?

 

VANTAGEM SÃO-PAULINA

O São Paulo começou a partida melhor que o Alvinegro. Com um bom toque de bola no setor ofensivo, já mostrou a que veio logo nos primeiros minutos. Aos cinco, Jadson deu lindo passe para Luis Fabiano, que deu um drible desconcertante em Brinner, ainda passou pelo goleiro Jefferson e só mandou para a rede. O camisa 9 marcava em seu 200º jogo pelo Tricolor. São Paulo 1 a 0.

O Botafogo não conseguia se encontrar e estava completamente acuado. Em noite inspirada, Lucas e Luis Fabiano trocavam belos passes e envolviam a defesa adversária. Em uma dessas jogadas, Luis Fabiano saiu cara a cara com Brinner, mas dessa vez o zagueiro pressionou bem o camisa 9, que chutou para fora.

E só dava São Paulo. Lucas deixou quatro alvinegros para trás antes de chutar para linda defesa de Jefferson, o melhor jogador do Botafogo na primeira etapa. Pouco criativo, o Alvinegro reclamou de pênalti aos 25 minutos, quando Cidinho foi derrubado na área por Rhodolfo. O árbitro gaúcho Jean Pierre Gonçalves Lima nada marcou.

A equipe carioca dependia muito da velocidade de Cidinho para avançar. Nem os bons passes de Seedorf conseguiam furar o bloqueio da defesa são-paulina. Com mais consistência do meio para frente, o time da casa ainda criou duas chances antes do fim do primeiro tempo, com Denilson e Lucas. Na última, Jefferson voltou a aparecer bem.

TIME DA CASA GARANTE VITÓRIA

O Botafogo até que voltou melhor na segunda etapa. Logo no começo, Seedorf cruzou e Elkeson cabeceou, mas Rogério Ceni fez boa defesa. Parecia que o Alvinegro teria condições de empatar, apresentava um jogo mais consistente. Mas o São Paulo voltaria a assustar.

Com a entrada de Osvaldo no lugar de Paulo Assunção, o São Paulo ganhou uma cara ainda mais ofensiva, e que não tardou a dar resultado. Aos 13, Jadson cruzou para Luis Fabiano, que chutou para defesa de Jefferson. No rebote, Osvaldo teve tranquilidade para chutar e marcar o segundo gol: 2 a 0 para o Tricolor.

Se as coisas já estavam ruins para o Botafogo, se tornariam ainda piores instantes depois. Luis Fabiano tocou para Lucas, que fez linda jogada individual pelo meio e arrematou, de perna direita, sem chances para Jefferson. Um belo gol do São Paulo, que àquela altura, garantia a vitória: 3 a 0, aos 15 minutos.

Seedorf, que não conseguiu ajudar o Botafogo a evoluir no ataque, acabou não conseguindo ficar em campo até o fim. Ele sentiu dores na coxa e pediu para ser substituído. Jeferson entrou em seu lugar. Curiosamente, foi sem o holandês que o Bota mais teve chances de chegar ao gol de honra.

Como o São Paulo já estava mais tranquilo no jogo, acabou deixando espaços ao Alvinegro. Elkeson se desdobrava no ataque, mas era quem tinha as melhores oportunidades. Em uma delas, aos 36, cobrou falta bem defendida por Rogério Ceni, que espalmou por cima. No entanto, nem o gol de honra botafoguense acabou saindo.

Pelo contrário, foi o São Paulo quem chegou ao quarto gol. Jadson deu belo passe para Osvaldo, que passou facilmente por Jefferson e cruzou na medida para Cícero. O camisa 16 são-paulino só teve o trabalho de tocar para a rede e sacramentar o 4 a 0 final.

Com o resultado, o São Paulo acabou com o jejum de vitórias sobre o Botafogo em Campeonatos Brasileiros, que perdurava desde 2009.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 4 X 0 BOTAFOGO

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data/hora: 30/8/2012, às 21h
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Assistentes: Carlos Berkenbrock (Fifa-SC) e Fabio Pereira (TO)
Cartões amarelos: Luis Fabiano (SPO); Amaral (BOT)

Gols: Luis Fabiano, 5’/1ºT (1-0); Osvaldo, 13’/2ºT (2-0); Lucas, 15’/2ºT (3-0); Cícero, 43’/2ºT (4-0)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Douglas, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Paulo Assunção (Osvaldo, 8’/2ºT), Denilson, Maicon (Wellington, 18’/2ºT) e Jadson; Lucas e Luis Fabiano (Cícero, 31’/2ºT). Técnico: Ney Franco.

BOTAFOGO: Jefferson; Lennon (Gabriel, 18’/2ºT), Brinner, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Amaral, Renato, Lodeiro, Seedorf (Jeferson, 21’/2ºT) e Cidinho (Willian, 16’/2ºT)); Elkeson. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*