São Paulo aposta em Cotia para voltar à final do Paulista após 16 anos

O São Paulo aposta nos garotos de Cotia para voltar a disputar uma final de Paulistão depois de 16 anos. A última decisão estadual com o Tricolor em campo ocorreu em 2003 (veja abaixo o que aconteceu nos outros anos). A taça conquistada em 2005 foi no sistema por pontos corridos.

Neste domingo, às 16h, contra o Palmeiras, o São Paulo de Cuca deverá ter quatro garotos revelados na base como titulares: Luan, Liziero, Igor Gomes e Antony.

O quarteto de Cotia comandou a classificação contra o Ituano, pelas quartas de final, e também jogou no empate sem gols contra o rival alviverde, pela primeira semifinal, no Morumbi.

Igor Gomes, Antony, Liziero e Luan: quarteto de Cotia comanda o São Paulo no Paulistão — Foto: Marcelo Hazan

Igor Gomes, Antony, Liziero e Luan: quarteto de Cotia comanda o São Paulo no Paulistão — Foto: Marcelo Hazan

Os garotos da base do São Paulo puxam a média de idade do time-base para baixo: 25,1 anos. O mais velho da equipe atualmente é Hudson, de 31 anos.

O capitão tem atuado como lateral-direito, posição na qual foi usado sob o comando do antes interino e agora coordenador técnico Vagner Mancini.

Idade do time-base do São Paulo

  • Tiago Volpi: 28 anos
  • Hudson: 31 anos
  • Arboleda: 27 anos
  • Bruno Alves: 27 anos
  • Reinaldo: 29 anos
  • Luan: 19 anos
  • Liziero: 21 anos
  • Igor Gomes: 20 anos
  • Antony: 19 anos
  • Everton: 30 anos
  • Pablo: 26 anos
  • Média de idade: 25,1
Antony será titular do São Paulo contra o Palmeiras de Felipe Melo — Foto: Renato Pizzutto/BP Filmes

Antony será titular do São Paulo contra o Palmeiras de Felipe Melo — Foto: Renato Pizzutto/BP Filmes

Campanhas do São Paulo desde a última final

  • 2003: na última final do Paulistão com o São Paulo, o time foi derrotado pelo Corinthians pelo placar de 3 a 2 nos dois jogos;
  • 2004: eliminado nas quartas de final para o São Caetano;
  • 2005: campeão no sistema por pontos corridos;
  • 2006: vice-campeão no sistema por pontos corridos;
  • 2007 a 2018: eliminado nas semifinais, com exceção de 2014 e 16, quando caiu nas quartas.

Quem joga domingo?

Apesar da manutenção dos garotos de Cotia no time titular, Cuca deverá fazer mudanças na equipe. Pablo voltou a treinar com bola na sexta-feira, mas sua escalação no clássico é improvável. O jogador conviveu durante a semana com dores nas panturrilhas.

Caso Cuca sinta que não há condições de escalar Pablo, são duas opções:

  • 1 – Promover a entrada de Everton para complementar o trio ofensivo com Antony e Everton Felipe. Nesse caso, não haveria um centroavante de ofício.
  • 2 – Manter um camisa 9, com a presença de Gonzalo Carneiro. Com isso, Cuca não perde a característica de um jogador alto na frente e não mexe no estilo que a equipe já vem atuando.

Na zaga a mudança é mais provável. Anderson Martins teve uma tendinite na coxa esquerda e retornou aos treinos apenas na última quarta-feira. Para o seu lugar, Cuca deve optar por Arboleda.

Time provável para o clássico: Tiago Volpi, Hudson, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan, Liziero e Igor Gomes; Antony, Everton e Everton Felipe (Gonzalo Carneiro).

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.