São Paulo amplia vantagem no ranking histórico de pontos do Brasileiro

Desde 1971, apenas quatro clubes lideraram o ranking de pontos do Campeonato Brasileiro. O primeiro foi o Atlético-MG, campeão da primeira edição do nacional. No ano seguinte, Palmeiras e Internacional chegaram a liderar e alternar a ponta. Esse rodízio durou até 1998, quando o galo retomou o 1º lugar. Mas em 2004, o São Paulo assumiu o posto, e perdeu em 2005 para o coloroado. Porém, desde 2006, o tricolor mantém a liderança do ranking geral de pontos e, certamente, irá seguir mandando por, no mínimo, mais uma temporada.

O ‘soberano’ tem 1.823 pontos conquistados desde 1971 e a diferença para o Internacional alcançou 72 pontos neste início de Brasileirão. Vale lembrar que o time do Morumbi, ao lado de Cruzeiro, Flamengo, Internacional e Santos, nunca caiu para a Série B.

Irregular nesta primeira parte do torneio, o Internacional viu sua margem de pontos para o Cruzeiro cair nos últimos anos, mas mantém os 20 pontos de vantagem. O time mineiro parece terd perdido a força que teve em 2013 e 2014, mas sempre figura na parte de cima da tabela.

A disputa pelo 4º lugar do ranking é a mais apertada. Com o mau início do Santos, o Corinthians assumiu a posição, mas a vitória santista no clássico deixou a diferença em apenas um ponto. Com 1.658 pontos, o Santos ocupa o 5º lugarm 19 de vantagem para o Atlético-Mg, que já levou 14 pontos neste ano.

Em 7º lugar, o Flamengo corre risco de perder o posto já na próxima rodada, após outra derrota em casa. O rubro-negro está empatado em pontos com o Grêmio, que joga contra o Avaí na Ressacada no sábado. Ambas as equipes têm 1.623 pontos e estão distantes do Palmeiras, 9º colocado com 1.543 pontos. As passagens do verdão pela Série B e fracassos das campanhas passadas fizeram o clube paulista ficar quase 300 pontos atrás do líder São Paulo.

Sem pontuar em 2014 por estar na Série B, o Vasco resiste no top-10 apesar da fraca campanha deste ano. A vantagem para o Fluminense (11º) é de 26 pontos e uma mudança no ranking não parece algo improvável.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.