São Paulo aceita Lucca, mas proposta do Cruzeiro ainda não agrada

O Cruzeiro obteve um desconto do São Paulo para a aquisição de Hudson. Contudo, o valor ainda não é o que o clube quer desembolsar pelo atleta. Por isso, os mineiros apresentaram uma nova oferta. O problema é que a composição não agrada.

O contrato estipula uma multa de 1,5 milhão de euros (R$ 5,8 mi) por 50% dos direitos do meio-campista. Os paulistas, no entanto, aceitam que o montante seja de 1,2 milhão de euros (R$ 4,68 mi). O problema é que os mineiros não têm os recursos necessários para a aquisição do atleta.

Com problemas financeiros, o Cruzeiro apresentou uma nova oferta ao São Paulo. A equipe aceita ceder 25% dos direitos de Lucca, objeto de desejo no Morumbi, e pagar 400 mil euros (R$ 1,56 mi) por metade dos direitos do volante.

O problema é que a compensação financeira envolvida na proposta não agrada ao presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, e aos seus subordinados no departamento de futebol.

Por outro lado, Lucca é um nome que sempre esteve em boa conta na comissão técnica do São Paulo. O fato de ser um ponta voluntarioso, veloz e, principalmente, de boa finalização, agrada a Dorival Júnior, que busca jogadores mais agressivos para o ataque. O departamento de futebol, no entanto, fugiu de medidas desesperadas para ter o atacante e recusou troca proposta pelo empresário Fernando Garcia com o Corinthians, que receberia o lateral-esquerdo Júnior Tavares.

A boa relação da diretoria com o agente colabora para que o Tricolor confie em um acerto rápido com o rival caso o negócio com o Cruzeiro seja fechado. Os paulistas receberiam dos mineiros até 40% dos direitos de Lucca e precisariam negociar com o Corinthians a fatia restante. Para isso, a oferta de 400 mil euros no pacote por Hudson é considerada baixa.

A ideia é que o valor pago pelo Cruzeiro já seja usado para comprar Lucca, sem mexer no orçamento de contratações – o valor será definido na semana que vem. Algo semelhante foi feito ao vender o volante Artur ao Columbus Crew e deixar encaminhada a compra de Jucilei com o Shandong Luneng. As duas transações giram em torno de R$ 4 milhões.

 

Fonte: Uol

7 comentários em “São Paulo aceita Lucca, mas proposta do Cruzeiro ainda não agrada

  1. Paulo Pontes tem alguma novidade sobre o Lucca, será que o Rei Rai o maior ídolo do São Paulo, maior que o Rogério, irá conseguir fechar esse negócio?!

  2. Já por outro lado tem gente imbecil que vê problema em tudo e que não sabe interpretar um texto. Volta pra escola que vc não entendeu nada. Impressionante como aparece gente escrota para elogiar essa diretoria incompetente.

  3. Diz um amigo mineiro que esse caso Hudson está engessando o planejamento do Cruzeiro para 2018. O time mineiro não consegue sair às compras enquanto não encerrar o caso Hudson. Se o fizer agora, vai ficar claro que o Cruzeiro tem dinheiro e apenas quer um bom abatimento do São Paulo, contando com uma ajuda do staff do jogador, que não quer mais voltar para o São Paulo, mas faz jogo duplo na imprensa. E a história é toda estranha, pois como o Cruzeiro tem dinheiro para tentar contratar Pratto, mas não tem para contratar Hudson?
    Acorda São Paulo!!!

    • Pelo que li, o histórico financeiro do Cruzeiro não é lá essas coisas.
      Tá engessando o planejamento, eles tem dinheiro, mas ficam enrolando? Tá bom.
      E o bobinho somos sempre nós.
      Os caras estão acertando, fizeram uma venda casada para ter o Jucilei e estão tentando fazer a mesma coisa para ter o Lucca.
      As noticias que saem sobre o Hudson sempre vem de Minas.
      São Paulo é muito maior que Cruzeiro. Não dá nem para começar a comparar.
      A torcida do São Paulo passou, em pouco tempo, de soberana para complexada.
      Valha-me Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*