São-paulinos prometem dedicação contra Coxa até com Morumbi vazio

Em crise após a eliminação na Copa do Brasil, o São Paulo vai reencontrar a sua casa no domingo no confronto contra o Coritiba, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Algunstorcedores organizados prometem um protesto para deixar o Morumbi vazio, porém a ordem entre os atletas é manter a concentração em uma vitória para buscar a aproximação ao topo da classificação.

A ideia é aproveitar as consequências positivas da vitória fora de casa deste final de semana contra o Cruzeiro, no estádioIndependência. “Sabemos que o torcedor está chateado, vem fazendo protestos, mas vamos entrar para ganhar com 100, mil (torcedores) ou com o estádio vazio”, avisa o atacante Luis Fabiano.

No último jogo na capital paulista, na derrota contra a Portuguesa, no Canindé, os são-paulinos enfrentaram a ira de torcedores que estiveram com nariz de palhaço e apresentaram críticas contra atletas, integrantes da comissão técnica e dirigentes, inclusive com faixas.

“Se o Morumbi estiver vazio, vai atrapalhar, todos gostam do Morumbi lotado, com torcida apoiando e cantando”, emenda o meia-atacante Lucas, reconhecendo que possíveis protestos podem atrapalhar o rendimento em campo.

Ao São Paulo, a grande expectativa nesta semana está na contratação de um novo técnico. A diretoria faz mistério sobre a chance de definir o novo comandante até o jogo contra o Coritiba, afinal a tendência é que um profissional empregado seja sondado pelo clube.

“Você fica um pouco ansioso, a gente quer saber quem vai ser, mas não deixamos atrapalhar o nosso trabalho. Independentemente de quem vier, temos de fazer o nosso trabalho da mesma forma”, avisa Lucas.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*