São-paulinos enfrentam até quatro horas de fila para ver estreia de Ganso

Estreia de Paulo Henrique Ganso, chance de confirmar a classificação para a Libertadores e promoção de ingressos… O resultado não poderia ser outro: a torcida são-paulina comprou até a noite desta quinta-feira 41 mil ingressos antecipadamente e encarou fila de até quatro horas para ir ao jogo contra o Náutico, domingo, no Morumbi.

A promoção de ingressos foi anunciada pelo São Paulo na manhã de terça-feira. Os ingressos para o setor laranja da arquibancada, que normalmente custam R$ 30, foram vendidos para o jogo de domingo a R$ 20. As entradas para o setor azul também tiveram preço reduzido, de R$ 40 para R$ 20.

Além disso, os bilhetes para o setor amarelo da arquibancada, que passaram a custar R$ 10 e são sucesso de vendas desde o início de agosto, permanecem em pauta.

E o torcedor são-paulino que não foi viajar aproveitou o feriado da Proclamação da República para garantir seu lugar no Morumbi. Nas vendas pela internet, até a noite de quarta-feira, 14 mil ingressos foram vendidos. O número aumentou bastante ontem, com a abertura das bilheterias do Morumbi e de outros postos de venda.

Na SAO Store do Shopping Pátio Paulista, houve confusão por parte dos torcedores que não conseguiram adquirir as entradas. A partir das 14h, uma fila de cerca de cem pessoas se formou, mas poucas conseguiram comprar os bilhetes. Com a confusão, a loja fechou as portas às 15h30, e algumas pessoas tentaram entrar à força. Os seguranças do shopping não conseguiram conter o público, e quatro viaturas policiais foram ao local, mas não houve detidos.

Com o público que irá ao Morumbi domingo, o São Paulo vai recuperar o 2º lugar no ranking de média de público como mandante no Brasileirão. Na última rodada, o Tricolor foi ultrapassado pelo Grêmio, que agora tem a marca de 22.439 pessoas por jogo, superior ao índice do São Paulo no Cícero Pompeu de Toledo, de 22.177 pessoas por partida. O Corinthians é o líder, com 24.725 pessoas.
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*