Sábado não foi feliz para Sub-15 e Sub-17 do São Paulo

Pela primeira partida das finais do Campeonato Paulista, São Paulo e Palmeiras entraram em campo na manhã deste sábado, dia 17 de novembro, no Morumbi, pelas categorias Sub-15 e Sub-17. O infantil empatou em 0 a 0, enquanto o juvenil foi derrotado em 3 a 1.

As decisões acontecerão no próximo sábado, dia 24 de novembro, em Osasco, no Estádio José Liberatti. Novo empate levará a decisão para os pênaltis no Sub-15. O 17 terá que fazer dois gols na casa do adversário para levar a decisão as penalidades.

No primeiro jogo da manhã, o Sub-15 foi escalado pelo técnico Menta com Felipe, Flávio, Alisson e Belém, Patrick; Brian, Léo, Palmberg; Marquinhos, João Adriano e Talles. O Tricolor começou o jogo mais nervoso, errando passes e marcação. Aos poucos, foi se encontrando na partida. Aos 14 minutos, Marquinhos teve a primeira boa chance, mas a bola saiu a esquerda do goleiro.

O São Paulo ainda chegou de cabeça com Alisson e em cobrança de falta de Talles, mas não mudou o placar no primeiro tempo. No segundo tempo, o time de Cotia começou no ataque. Em dura falta em João Adriano, Marquinhos cobrou, mas a bola passou por todo mundo e ficou para tiro de meta. Aos 11 minutos, André entrou na vaga de Alisson.

Em contra-ataque, Talles chegou bem e chutou, fazendo o goleiro colocar para escanteio. Após o tiro de canto, Talles quase marcou de cabeça. O São Paulo ganhava confiança e crescia no jogo. A chance mais real da partida, até então, aconteceu aos 19 minutos, em jogada iniciada por Patrick na lateral, mas João Adriano pegou embaixo da bola, fazendo com que a bola saísse por cima do travessão.

Aos 30 minutos, Petterson substituiu João Adriano. O Palmeiras carimbou o travessão, assustando o goleiro Felipe. Por último, Maioli e Vitinho entraram nas vagas de Talles e Palmberg. O jogo acabou em 0 a 0, ficando em aberta a decisão do título para o último jogo.

Depois foi a vez do Sub-17 subir ao campo do Estádio do Morumbi. O técnico Rafael Paiva escalou o tricolor com Matheus, Sena, Morato, Fasson e Welington; Falcão, Talles e Antônio Falcão, Vitinho, Maia e Paulinho. Aos 8 minutos, Paulinho arriscou de fora da área, fazendo o goleiro trabalhar. Na cobrança de escanteio, Antônio Falcão fez, olímpico, um golaço, 1 a 0.

O São Paulo era melhor na partida e criava boas chances. Sena saiu costurando desde a defesa e quase fez outro belo gol. Maia também arriscou, mas não ampliou a vantagem. Aos 27 minutos, Matheus fez a primeira defesa, em lance perigoso do alviverde. Aos 29 minutos, o adversário chegou ao empate. Matheus fez outra grande defesa aos 39 minutos, evitando a virada.

No intervalo, Rafael Paiva fez duas substituições, voltando com David Elias e Rodolfo nas vagas de Paulinho e Antônio Falcão. O São Paulo tentava arrancadas e o Palmeiras esfriar o jogo, com o goleiro caindo para atendimento, jogador trocando a chuteira, e no contra-ataque chegou a virada, 2 a 1.

Com dificuldades de se reencontrar no jogo, o São Paulo teve quatro substituições. Entraram: Gabriel, Ricardo, JP e Cachoeira, para a saída de Welinton, Maia, Sena e Falcão. Um minuto depois, Geilson, do Palmeiras, foi expulso. O Tricolor tinha 13 minutos para reagir. Com poucas chances, o placar se manteve, 1 a 3.

FICHA TÉCNICA:

Sub-15: Felipe, Flávio, Alisson (André) e Belém, Patrick; Brian, Léo, Palmberg (Vitinho); Marquinhos, João Adriano (Petterson) e Talles (Maioli). Técnico: Menta

Sub-17: Matheus, Sena (JP) Morato, Fasson e Welington (Gabriel); Falcão (Cachoeira), Talles e Antônio Falcão (Rodolfo), Vitinho, Maia (Ricardo) e Paulinho (David Elias). Técnico Rafael Paiva

 

Fonte: Site Oficial

2 comentários em “Sábado não foi feliz para Sub-15 e Sub-17 do São Paulo

  1. JARDINE SAIU A BASE VIROU TIME DO AGUIRRE,SÓ PERDE,PELA LÓGICA TÉCNICO PERNA DE PAU.COLOCA O LUGANO PRA FAZER ESTA MOLECADA JOGAR MAIS BOLA,TÁ FEIA A COISA ATÉ NA BASE.GESTÃO DE FUTEBOL RAÍ/RICARDO ROCHA NÃO DÁ NEM PRO CHEIRO !!!!

  2. Esta se repetindo 2017, a molecada não pode ver verde pela frente que se borra.
    Virou mania no São Paulo se borrar quando tem pela frente Palmeiras e Corinthians, SUB 20, SUB 15, SUB 17 e o time Principal, é uma borradeira sem tamanho tenho pena da lavadeira ou quem cuida da lavagem dos uniformes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*