Rogério Ceni revela que precisa de remédio para conseguir dormir

O goleiro Rogério Ceni revelou nesta segunda-feira, em participação no programa Bem, Amigos!, do SporTV, que precisa de remédio para conseguir dormir. Segundo o capitão são-paulino, ele não consegue parar seus pensamentos nem quando deita.

“Eu durmo muito pouco, na maioria das noites tomo remédio para poder dormir. Durmo de 4 a 5 horas por noite. Deito muito tempo que me ajuda a relaxar. Muricy sempre fala que jogador deitado descansa, jogador sentado não descansa. Então, fico oito, nove horas deitado, mas minha cabeça não para de funcionar em momento nenhum. São poucas horas que eu durmo por dia, minha cabeça trabalha muito e trabalha muito quando estou deitado, quando estou descansando”, disse.

O ídolo do São Paulo contou ainda que 2013 foi o que mais sofreu. Na ocasião, a equipe passou boa parte lutando para não ser rebaixada no Brasileiro. “Acho que envelheci uns cinco anos no ano passado”, afirmou, lembrando da situação atual do Palmeiras. Para ele, briga para não cair é bem difícil, mas acredita que o rival alviverde não irá para a Série B do Brasileiro.

Rogério ainda admitiu que sabe que a cobrança excessiva que ele tem faz mal para ele próprio, mas que não consegue mudar sua natureza.

“Faz mal, mas é assim que sou. Sei que me faço mal com esse tipo de pensamento, mas essa é minha natureza”, completou.

Segundo Rogério, atualmente, ele não consegue nem comemorar muito as vitórias. Para ele, a alegria dura aproximadamente 30 segundos.

“Enquanto estou competindo, não tenho tendência a relaxar, tenho tendência de fazer meu melhor. Talvez não aproveite tanto a vida, mas eu acaba o jogo, eu tenho 30 segundos de alegria. Quando desço para o vestiário, a minha preocupação, nem comemoro tanto as vitórias, para mim é um alívio que eu tenho quando a vitória acontece, porque começo a pensar o que tenho de fazer para o próximo jogo”, falou.

O goleiro do São Paulo ainda avisou que espera um ano ainda maior de cobranças em 2015, o último de sua carreira.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.