Rodrigo Caio pode ser relacionado após quatro meses

Rodrigo Caio, enfim, está recuperado após a cirurgia para reparar uma instabilidade ligamentar no pé esquerdo. Treinando normalmente desde a semana passada, o defensor ficou de fora da lista de relacionados para encarar o Sport e também não viajou à Argentina para encarar o Colón. Neste domingo, porém, ele deve constar nos planos do treinador uruguaio pela primeira vez depois da lesão.

Tido como um dos possíveis convocador por Tite para defender a Seleção Brasileira na Copa do Mundo da Rússia, Rodrigo Caio acabou se lesionando ainda na segunda rodada do Campeonato Brasileiro, contra o Ceará, fora de casa. Na ocasião, o zagueiro achou, inclusive, que havia quebrado o pé e saiu de campo chorando, uma vez que dava como encerrada a sua briga por uma vaga no Mundial.

Após a partida, porém, o jogador realizou exames que não indicaram qualquer fratura. Iniciando a fisioterapia no aeroporto, Rodrigo Caio não jogou desde então e após a convocação de Tite para a Copa do Mundo, em que não estava entre os 23 selecionados, optou por fazer uma cirurgia e aproveitar a pausa de um mês para a disputa do Mundial para iniciar sua recuperação e evitar de perder um número ainda maior de jogos.

“O Rodrigo está preparado para voltar e é um jogador com muita qualidade, de alto nível. Vamos utilizá-lo. Ainda não temos nada decidido, queremos ver o que ele irá mostrar não somente nos treinos, mas também quando tiver a oportunidade de jogar e aí ele vai brigar por um lugar no time, como todos. É um reforço para todos”, afirmou Aguirre sobre o zagueiro.

Revelado pelas categorias de base e no time profissional há seis anos, Rodrigo Caio é um dos líderes do elenco, mas isso não significa que terá cadeira cativa com Diego Aguirre. Com Anderson Martins, Arboleda e Bruno Alves em ótima fase, embora o último citado tenha desperdiçado o pênalti crucial para a eliminação tricolor na Sul-Americana. Justamente por isso. Ele não terá vida fácil para retomar a titularidade.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

3 comentários em “Rodrigo Caio pode ser relacionado após quatro meses

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*