Reinaldo lamenta Everton fora, mas nega dependência

O São Paulo não vence há quatro jogos, caiu da liderança para a quarta posição do Brasileirão, com 52 pontos, e perdeu Everton com um estiramento na coxa esquerda. Apesar dos problemas, Reinaldo não vê motivos para mudar tudo o que foi feito ao longo da campanha do time.

Bem humorado fora de campo, Reinaldo explicou de que maneira encara o momento instável do São Paulo e os resultados negativos, como a derrota por 2 a 0 para o Palmeiras, no clássico do último sábado no Morumbi.

– Muda no dia seguinte. Depois de uma derrota eu procuro ficar na minha. Eu fico muito sentido por causa da derrota, mas durante a semana você vai se soltando. Independentemente do resultado tem de estar feliz para trabalhar e deixar o ambiente leve como sempre foi – disse.

– Não é porque estamos caindo na tabela que precisamos mudar tudo. Temos de saber onde erramos, onde tem que melhorar. Sabemos que ninguém fez uma excelente partida, mas sabemos que temos de melhorar sempre. É uma equipe madura, que sabe o que quer. Vamos lutar com todas as forças. Não vai ser uma equipe que não soube reagir com o Palmeiras. Temos de ser aguerridos contra o Inter. Vamos estar bem concentrados para sair com a vitória – completou.

As seguidas lesões de Everton (dois estiramentos na coxa esquerda e uma fibrose, fruto de uma outra lesão sentida quando ainda era do Flamengo) são lamentadas por Reinaldo.

Reinaldo se colocou à disposição de Aguirre para substituir Everton na ponta ou seguir na lateral esquerda. Na vitória por 3 a 1 sobre o Corinthians, ele atuou como ponta e fez dois gols.

– Eu me sinto melhor jogando na minha, porque sou lateral. Venho jogando assim desde o começo da temporada. Mas se tiver de me colocar na frente eu vou fazer o que ele me pedir e ajudar o São Paulo. Seja na lateral ou avançado na frente.

Além de Everton, Aguirre não terá Arboleda (seleção equatoriana), Luan e Igor Gomes (seleção brasileira sub-20) diante do Internacional. O Colorado tem um ponto a mais do que o São Paulo e é o segundo colocado. O líder Palmeiras soma 56 pontos.

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “Reinaldo lamenta Everton fora, mas nega dependência

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*