Régis é afastado de novo por questões pessoais e São Paulo avalia futuro

O lateral-direito Régis está novamente afastado dos treinos do São Paulo por problemas pessoais. Isso já havia acontecido entre junho e agosto, quando ele teve o contrato suspenso pelo clube, e a diretoria analisa o que fazer agora. O jogador de 29 anos tem contrato até abril de 2019.

Régis chegou ao São Paulo após se destacar pelo São Bento no Paulistão deste ano. Ele tem 17 partidas pelo clube, sendo duas com a equipe sub-23 no Brasileiro de Aspirantes, competição em que atuou para retomar o ritmo de jogo após ser afastado pela primeira vez.

Ele estava sendo utilizado por Diego Aguirre desde a vitória por 1 a 0 sobre o Ceará, quando entrou no segundo tempo, e chegou a ser titular nas partidas contra Atlético-MG e Bahia. Sua última aparição foi no segundo tempo do empate com o América-MG, em 22 de setembro. Ele já não foi relacionado para o duelo do último domingo, contra o Botafogo.

 

Fonte: Lance

7 comentários em “Régis é afastado de novo por questões pessoais e São Paulo avalia futuro

  1. Talvez esteja aí a escalação do R.Caio na lateral e nem estávamos sabendo deste ocorrido, muitas vezes o técnico tem que improvisar sem poder revelar o real motivo e vem uma enxurrada de críticas, mesmo sabendo que o elenco é muito limitado.

    • Pois é… por isso mesmo a diretoria teria que vir a público e passar para a torcida a informação correta. Um tratamento com vista à recuperação do vício em drogas, é algo que, infelizmente, tem se tornado frequente em todos os segmentos. Vide o caso do Casagrande. Penso que, nesse caso, a pior alternativa, é a de não dar conhecimento do fato, na tentativa de esconde-lo, como uma forma de preservação da pessoa. O fato, como bem colocou o Jairo, acaba tendo um desdobramento negativo no viés da análise da torcida. Técnico e até o jogador Rodrigo Caio, mesmo deslocando e atuando fora de posição para colaborar, acabam sendo injustamente criticados. Me perdoem aqueles que direcionaram críticas ao treinador, mas sem ovos, é impossível fazer omelete.

  2. Waldir

    Cocaína, sempre existe alguém que conhecemos que conhece alguém ……
    tentou se tratar com ajuda do spfc, porém teve recaída novamente.

    • Acho que o clube está sendo corretíssimo em não expor tanto, ou seja, detalhadamente, o problema do atleta. Penso que hoje seria mais prejudicial do que benéfico para o rapaz, seria estigmatizado por um sensacionalismo que vive de intrigas. . Entendo que nesse caso tenta se preservar os dois, o atleta e a pessoa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*