Raimundo Viana confirma ida de Ruan Café e Geovane para o São Paulo

Além da festa pela apresentação de Dagoberto, Kieza e Victor Ramos no Barradão, a sexta-feira foi de explicações no Vitória. Questionado pelo GloboEsporte.com sobre os detalhes da contratação de Kieza, o presidente rubro-negro, Raimundo Viana, confirmou que o meia Geovane e o atacante Ruan Café foram cedidos ao São Paulo como parte da compensação para a chegada do novo reforço para o elenco comandado por Vagner Mancini.

Viana não revelou os valores envolvidos na negociação ou a porcentagem dos direitos econômicos de Geovane e Ruan Café que permanecerão com o Vitória. Segundo o dirigente, uma cláusula do contrato impede a divulgação de detalhes do acordo com o São Paulo.

– Posso te confirmar que algumas coisas da negociação, em termos de valores, não podem ser reveladas por contrato, cláusulas de confidencialidade. Os jogadores envolvidos em parceria com o São Paulo são o Geovane e o Café. Os jogadores continuam com participação direta do Vitória no seu valor econômico, uma parte para o São Paulo. O Geovane e o Café pertencem ao Vitória e ao São Paulo. (…) Vou ficar devendo [a porcentagem de direitos econômicos que permaneceu com o Vitória]. Cláusula de confidencialidade. Mas foi um negócio bom para o Vitória e para o São Paulo – contou ao GloboEsporte.com.

Fontes ligadas ao clube afirmaram que a divisão dos direitos econômicos dos dois jogadores é de aproximadamente metade para cada clube. O Vitória pagou cerca de um milhão de dólares para contar com Kieza, mesmo valor que o São Paulo desembolsou para tirar o atacante do Shangai Shenxin, da China, em janeiro.

Natural de Jacobina, Geovane chegou ao Vitória com 11 anos para jogar na lateral esquerda. Com o passar do tempo, percebeu-se que a inteligência e boa visão de jogo faziam dele um meia em potencial, posição para onde foi deslocado. Com a camisa rubro-negra, foi destaque na última Copa do Brasil Sub-17, desempenho que o colocou na Seleção Brasileira para a disputa do Sul-Americano da categoria.

Ruan Café nasceu na cidade de Bom Jesus da Lapa e chegou ao Vitória com 14 anos. Rápido e driblador, foi promovido ao grupo Sub-20 do Vitória na temporada passada, mas não conseguiu ter o mesmo desempenho apresentado na categoria Sub-17. No início desta temporada, se desentendeu com a diretoria rubro-negra durante o processo de negociação para renovação de contrato.  Seu vínculo com o clube baiano se encerraria no fim de maio.

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “Raimundo Viana confirma ida de Ruan Café e Geovane para o São Paulo

  1. Tudo bem, mas pra que serve a base?
    Aqueles meninos que venceram a libertadores sub-20 são piores que estes garotos?
    Eu sei que existe diferença de idade, mas não vejo experimentar os meninos da base, nem em jogo que não vale nada,na equipe principal.
    Tem que arriscar sim em colocá-los p jogar. Não vejo outro jeito deles virarem profissional de fato.
    O time do Santos está ai mostrando que usa muuito sua base…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*