Pupilo de Ney Franco, Casemiro projeta nova volta por cima

Casemiro não é mais uma promessa do São Paulo. Dois anos após sua ascensão ao time principal, o jogador já coleciona convocações para a seleção brasileira e por pouco não fisgou uma das 18 vagas para os Jogos Olímpicos de Londres.

No entanto, as recentes atuações não são tão animadoras e os últimos treinadores (Leão e Milton Cruz) o deixaram no banco de reservas. Na seleção, ele teve chance na última turnê e quando entrou em campo voltou a decepcionar, tanto que foi preterido por Mano Menezes e ficou apenas como opção em uma lista de espera com quatro jogadores.

O camisa 28 não esconde a tristeza, mas a chegada de Ney Franco e da nova comissão técnica podem servir de combustível para o jogador retomar o bom futebol.

“É um jogador que tem um potencial enorme, tem todas as condições de jogar no São Paulo”, elogiou o treinador, que tem conhecimento de causa.

Foi sob o comando de Ney Franco que Casemiro apareceu para o futebol nas conquistas do Sul-Americano e do Mundial sub-20. Ele foi destaques em ambas as competições.

Durante a primeira atividade da nova comissão, Casemiro mostrou estar com moral e a cada boa jogada recebia os elogios do auxiliar-técnico de Ney Franco, Éder Paixão. “Boa Casão, isso”, gritava.

Aos companheiros, o jogador fez questão de elogiar o bom trabalho dos novos comandantes, deu boas referências sobre o trabalho desenvolvido por Paixão e ainda mostrou bom humor ao dar bom dia para os jornalistas.

“Bom dia, good morning”, disse o jogador, arrancando risos dos presentes. “Vocês estão ligados, né?”, se vangloriou do seu inglês que não poderá ser testado em Londres.

“Vou seguir trabalhando focado aqui no São Paulo como sempre quis. Um novo treinador está chegando e quero mostrar que tenho condições de estar na equipe”, disse o volante, que ainda sonha com uma vaga na Olimpíada.

“A gente fica triste, mas tenho de ter paciência, quem manda é o Mano. Ainda estou no grupo, onde muitos gostariam de estar”.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*