Psicóloga e técnico tranquilizaram Denis após renovação de Ceni

A tranquilidade com que Denis comentou no domingo sobre a nova prorrogação de contrato de Rogério Ceni não foi à toa. O substituto natural do camisa 1 do São Paulo foi pego de surpresa com a notícia de que terá que esperar mais para assumir a posição, mas reagiu com naturalidade por ter sido tranquilizado por dois membros da comissão técnica.

O primeiro papo foi com Anahy Couto, psicóloga do clube. Depois, o goleiro reserva também ouviu algumas palavras do técnico Muricy Ramalho, que não imaginava que o titular desistisse da aposentadoria e, há um mês, chegou a bancar Denis como o titular a partir de janeiro. “Tem que disputar campeonato para mostrar o trabalho dele. Ele é o goleiro para começar 2015”, garantiu, no fim de outubro.

No ano passado, quando Ceni também tinha dúvida se iria ou não a encerrar a carreira, o reserva admitiu que torcida para que a decisão fosse afirmativa. “Vou ser bem sincero, porque acho que minha hora chegou. Já vou fazer 27 anos, e acho que está na hora de jogar”, justificou-se. Desta vez, no entanto, a definição já tinha sido anunciada pelo dono da posição com muita antecedência, em abril, e foi alterada novamente.

Fernando Dantas/Gazeta Press

Bateu mais uma vez na trave a possibilidade de Denis assumir a meta tricolor no inicio de uma temporada

No clube desde 2009 e com contrato até agosto de 2016, ele certamente se chateou por ter sua espera prolongada. Em função disso, além da psicóloga e do treinador, também Ceni o procurou para conversar, no sábado.

“Acho o Denis um goleiro pronto, de talento enorme. Tem tudo para ficar uma década no clube, em futuro bem próximo. Cada dia para mim foi um aprendizado com o Zetti. Meu relacionamento com o Denis, o Renan (Ribeiro) e o Leo é muito bacana. São alguns meses em que vamos ter oportunidade de fazer o melhor. Ele vai ter oportunidade depois também de ter sequência, é natural”, elogiou o ídolo, em discurso que provavelmente usou com o colega.

“Ele já era bem formado na Ponte Preta, mas evoluiu em aspectos como reposição de bola, posicionamento e trabalho com os pés. É jovem, tem 27 anos. Se eu estou jogando aos 41, ele tem condição também, porque é de uma geração mais nova, e a medicina esportiva evoluiu muito nos últimos anos. Ele tem condição de jogar com até mais de 40 anos de idade”, concluiu Ceni, horas depois de seu reserva ter resumido em poucas palavras a implicação da renovação. “Tenho mais sete meses para me preparar”, minimizou Denis.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

 

Nota do PP: tanta coisa com o Denis, mas quem é que pode garantir que ele conseguirá ser o titular do São Paulo? Eu, até agora, não consegui adquirir confiança nele.

Um comentário em “Psicóloga e técnico tranquilizaram Denis após renovação de Ceni

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.