Preparação curta força São Paulo a unir trabalhos técnico e físico

Pelo pouco tempo de preparação até o primeirojogo – em 19 de janeiro, contra o Mirassol, pelo Campeonato Paulista –, o São Paulo terá que misturar as atividades técnicas e físicas ao longo da pré-temporada de três semanas.

“Teremos que dosar bem as atividades. Os trabalhos serão em conjunto com a parte técnica, porque não há tempo suficiente para separar só parte física. Vamos fazer trabalhos em conjunto visando a estreia”, explicou o preparador físico Sérgio Rocha, em contato com a GE.net.

Em meio a isso, os jogadores passam por avaliações individuais. A primeira, de medição do percentual de gordura, foi feita já no início da tarde de quinta-feira, quando o elenco se reapresentou no CT da Barra Funda e, em seguida, foi para o CT das divisões de base, em Cotia, onde será realizada a pré-temporada.

Rubens Chiri/www.saopaulofc.net

Jogadores já passam por avaliações individuais

Nesta sexta-feira, dia de jornada em dois períodos, o grupo será submetido à medição de CK (enzima creatine cinase), indicador do grau de fadiga muscular do atleta, antes de ir pela primeira vez a campo. Já os testes físicos ficam para o meio da semana que vem.

 

Segundo Sérgio Rocha, os jogadores se apresentaram bem. “A maioria está na média de peso, sem muitos problemas. Até porque foi pouco tempo de férias (três semanas), e hoje em dia eles se cuidam mais. Não há ninguém muito abaixo nem muito acima do peso”, disse.

A princípio, são reforços o zagueiro Lúcio e os atacantes Aloísio e Negueba – estes dois falarão pela primeira vez como são-paulinos nesta sexta-feira, logo após o treinamento. O lateral esquerdo Thiago Carleto, que volta de empréstimo do Fluminense, é outra novidade em relação ao time que disputou a temporada passada.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*