Possível substituto de Luis Fabiano, Osvaldo não se põe como titular

Cotado para substituir o suspenso Luis Fabiano no duelo de domingo, contra o Bahia, Osvaldo não se escala ainda como titular. O atacante lembra que existem outras possibilidades dentro do elenco do São Paulo – o principal concorrente é Cícero, com Ademilson e Willian José correndo por fora na preferência.

“O importante é que tenho ajudado o time. Desde minha volta, consegui ajudar meus companheiros. Acho que o Ney (Franco, treinador) tem várias opções para esse jogo. Se ele me colocar, vou tentar ajudar”, disse.

Osvaldo voltou a atuar na vitória por 3 a 0 sobre a Ponte Preta, o início da atual série invicta de quatro jogos (três pelo Campeonato Brasileiro e um pela Copa Sul-americana). Na ocasião, fez um dos gols. Também balançou a rede na mais recente partida da equipe, a goleada por 4 a 0 diante do Botafogo, na quinta-feira.

Mesmo sem ter sido titular desde que se recuperou de contratura muscular, o camisa 17 comemora a boa fase. “É meu melhor momento. Estou tendo mais oportunidades, mais sequência. Tive um período parado por causa de lesão, mas já retornei, e agora estou 100% fisicamente”, analisou.

O dono da vaga aberta com a suspensão de Luis Fabiano só deverá ser confirmado em Salvador, já que Ney Franco fechará o treino apronto deste sábado, no CT da Barra Funda. O fato de Osvaldo estar pendurado com dois cartões amarelos pode pesar contra ele, já que o treinador poderia segurá-lo para o compromisso seguinte, quando Lucas será desfalque por ter sido convocado para a Seleção Brasileira.

“É muito difícil atacante tomar cartão”, minimiza Osvaldo. “Sou o jogador que fica no rebote dos escanteios, às vezes tenho que matar uma jogada, mas não vejo isso com medo, até porque existem várias opções para se escalar. Depois de um período com muita gente no departamento médico, agora existem muitas opções”.

Quinto colocado da competição nacional, com 34 pontos ganhos, o São Paulo visita o Bahia às 16 horas (de Brasília) de domingo, em Salvador.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*