Por problema particular, Jucilei pode até não viajar a Chapecó

O São Paulo realizou nesta sexta-feira o penúltimo treinamento antes de enfrentar a Chapecoense, pela última rodada do Campeonato Brasileiro. Permitindo que a imprensa acompanhasse somente a primeira parte da atividade, o técnico André Jardine escondeu o jogo, mas a tendência é que Jucilei não inicie o confronto do próximo domingo entre os titulares, isso se viajar.

Ao contrário desta sexta, na última quinta-feira Jardine abriu todo o treinamento para os jornalistas e colocou na formação titular Hudson e Liziero no meio-campo, abrindo mão de Jucilei, um dos jogadores do atual elenco mais exaltados pela torcida. O motivo para a ausência do volante, no entanto, não é técnico.

Com problemas particulares, Jucilei pode até deixar de viajar para Chapecó. Caso ele decida seguir com o elenco no último compromisso do ano, o volante não começará a partida entre os 11, conforme se acostumou ao longo da temporada.

Durante o período que a imprensa teve acesso ao treinamento desta sexta-feira, André Jardine comandou uma atividade de ataque e defesa em campo reduzido, sem dar qualquer indicação sobre a equipe que tem em mente para o confronto com a Chape. Os jogadores tinham o objetivo de fazer o gol e, posteriormente, defender o contra-ataque da equipe adversária.

No treinamento, inclusive, Nenê deu um susto na comissão técnica. O meia caiu no gramado e foi atendido pelo médico do Tricolor, Dr. José Carlos Sanchez, após levar uma bolada no rosto, mas rapidamente se levantou e continuou na atividade.

Caso Jardine não decida fazer qualquer mudança na equipe que tem em mente para o duelo do próximo domingo, o São Paulo deve ir a campo para tentar pela última vez seu retorno ao G4 do Campeonato Brasileiro com: Jean; Araruna, Arboleda, Bruno Alves e Edimar; Hudson, Liziero e Nenê; Helinho, Everton e Diego Souza.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*