Pato e Toloi são liberados para treinar com o grupo

A semana já começou com uma boa notícia para o técnico Muricy Ramalho. Antes mesmo da reapresentação do elenco, que está marcada para a tarde desta terça-feira (11) após o triunfo sobre o Vitória (2 x 1), o zagueiro Rafael Toloi e o atacante Alexandre Pato foram liberados pelo Departamento Médico e, a partir de amanhã, poderão treinar com o restante do grupo.

Nesta segunda (10), no Centro de Treinamento da Barra Funda, os atletas começaram o trabalho de preparação física após se recuperarem. Curiosamente, ambos estavam com lesões musculares na coxa esquerda. Pela manhã, ainda com os fisioterapeutas, a dupla treinou normalmente no REFFIS e fez exercícios de fisioterapia.

Depois, de tarde, ambos puderam treinar pela primeira vez com o preparador Sérgio Rocha. Ao lado de Léo e Hudson, que não viajaram para Salvador – o último cumpriu suspensão automática diante dos baianos -, zagueiro e atacante aprimoraram a forma física com atividades no campo. Os trabalhos começaram na academia e, na sequência, foram complementados no gramado.

Supervisionados pelo membro da comissão técnica, que comandou todo o treino, os jogadores puderam trabalhar com bola. O ‘minicircuito’ armado pelo preparador ditava o ritmo dos exercícios, que duraram aproximadamente uma hora e meia. Para fechar o produtivo dia, os atletas fizeram o processo de alongamento e foram liberados.

O goleiro Denis, que também havia ganhado folga nesta tarde com os atletas que viajaram para a Bahia, foi ao CT da Barra Funda e fez exercícios de fortalecimento muscular ao lado do jovem Rodrigo Caio, que se recupera de lesão no joelho esquerdo. Por espontânea vontade, o camisa 12 aprimorou a forma física para poder ficar à disposição do comandante.

Seguindo a programação da comissão técnica, Toloi e Pato se juntarão ao restante do elenco nesta terça, quando os atletas se reapresentarão de olho no duelo contra o Internacional que será disputado na quarta (12), no Morumbi, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2014.

Lesionado e se recuperando no REFFIS sempre em período integral, o camisa 11 não atua desde a vitória sobre o Huachipato-CHI (3 x 2) no dia 15 de outubro, no Chile. Já o defensor não joga desde o empate sem gols com a Chapecoense, no dia 22 de outubro. Desde então, os dois estavam sob os cuidados dos fisioterapeutas.

 

Fonte: Site Oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*