Pato e Hudson dividem quarto e ansiedade por confronto no Beira-Rio

O duelo com o Internacional, às 22h desta quarta-feira pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, terá ingredientes especiais para dois jogadores do São Paulo: Alexandre Pato e Hudson.

Companheiros de quarto nas concentrações, os dois poderão compartilhar também a ansiedade para o jogo com os colorados. Para Pato, a primeira partida no Beira-Rio desde a saída do clube gaúcho em 2007. Para Hudson, a primeira chance como titular desde a chegada ao Tricolor em abril.

Pato estreou pelo Inter em 2006, em goleada sobre o Palmeiras no Brasileirão. Dias depois, seria campeão do Mundial de Clubes. Em maio de 2007, marcaria um dos gols dos 4 a 0 que selariam o título da Recopa Sul-Americana sobre o Pachuca-MEX. Um de seus últimos momentos no Beira-Rio.

Sete anos e 19 dias depois da última aparição no estádio (derrota por 2 a 0 para o Vasco da Gama), que seria reformado para a Copa do Mundo, Alexandre Pato espera revitalizar as lembranças da infância e construir novas glórias, agora pelo São Paulo.

– Depois de muito tempo vou ter a felicidade de voltar ao Beira-Rio. Foi onde comecei no futebol. Morei na concentração embaixo da arquibancada. É uma sensação muito boa. No Inter pude ganhar dois títulos importantes, vivi momentos especiais. Espero ser recebido com carinho – confessou o atacante.

Após fase turbulenta, Pato agora é titular inquestionável de Muricy Ramalho e soma sete gols em 21 jogos pelo Tricolor. E se depender do histórico no Beira-Rio (seis gols em oito partidas), os números devem aumentar no duelo de hoje.

A promessa do Internacional ainda tenta provar que é realidade no Morumbi e poderá compartilhar o momento de felicidade com um de seus amigos mais próximos no São Paulo. Colega de quarto e sósia – para os outros atletas –, Hudson também viverá noite especial. Em Porto Alegre, o volante que ganhou destaque no Campeonato Paulista pelo Botafogo será titular pela primeira vez.

O camisa 25 quer aproveitar a rara oportunidade e ganhar mais espaço no elenco para provar nos próximos quatro meses que pode ter o contrato renovado com o São Paulo. Para isso, nada melhor que o apoio de um amigo.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*