Pato conversa com Lazio sobre transferência; Corinthians torce por proposta

O estafe de Alexandre Pato mantém conversas com representantes da Lazio-ITA sobre uma possível volta à Europa. Ainda não há proposta oficial, mas o clube italiano informou que estaria disposto a investir até 9 milhões de euros (R$ 31,4 milhões) para comprar o atacante de 25 anos que está emprestado ao São Paulo.

Dono dos direitos federativos de Pato, o Corinthians já avisou aos representantes do jogador que está aberto a uma transferência. Nesse momento, a postura da direção corintiana é não só esperar uma proposta, mas também de torcida para que isso se concretize. Uma eventual venda do jogador remediaria a situação financeira complicada do clube.

Em conversas recentes com empresários dispostos a trabalhar pela venda de Pato, a direção corintiana sinalizou que abriria mão do jogador por 9 milhões de euros. A multa rescisória de Alexandre Pato, nesse momento, é de 10 milhões de euros. Os direitos econômicos são repartidos em 60% para o Corinthians e 40% para o atacante.

Por contrato, o São Paulo deve ser notificado pela direção corintiana em caso de proposta oficial por Pato. No acordo por empréstimo que vai até dezembro de 2015, os são-paulinos têm direito a cobrir ofertas e comprar o jogador. Na última semana, o presidente Carlos Miguel Aidar declarou que dois clubes da Itália queriam seu atacante.

A possibilidade imediata de Pato obter a rescisão com o Corinthians se perdeu na última semana. A liminar do atacante por atrasos nos pagamentos feitos pela direção corintiana foi negada pela Justiça e o próximo capítulo é a realização de audiência, mas apenas em setembro. Até lá, a janela de transferências para a Europa já terá se encerrado.

 

Fonte: Uol

3 comentários em “Pato conversa com Lazio sobre transferência; Corinthians torce por proposta

  1. Só esqueceram de dizer que há um valor mínimo que o SPFC pode recusar e se aceitar terá direito a um percentual.

    Eita imprensa monocromática.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.