Para preparador físico, Ganso começa 2013 melhor do que terminou 2012

Paulo Henrique Ganso teve uma pré-temporada mais puxada do que a maioria dos companheiros de São Paulo. Além de todo o trabalho com o elenco, ele fez treinos extras no Reffis de Cotia. Tudo para começar 2013 melhor do que terminou o ano anterior.

E a resposta se o meia está melhor fisicamente é dada pelo preparador físico do Tricolor.

– Com certeza. Sem dúvida alguma – afirmou Alexandre Lopes.

O Maestro só jogou cinco partidas pelo clube no ano passado. E, apenas na última, contra o Corinthians, atuou os 90 minutos.

As férias não foram só de descanso para o camisa 8. A pedido da comissão técnica do clube, ele manteve a forma com treinos em academias, além de jogar as tradicionais peladas de fim de ano.

– Claro que tem a falta de ritmo de jogo, ele está há muito tempo sem jogar, porque estava de férias e teve a pré-temporada. Talvez sinta um pouco nos primeiros jogos. Mas a gente espera uma evolução, que vai se dar com o tempo – disse Lopes.

Assim como Paulo Henrique Ganso, atletas que passaram por cirurgia no ano passado também fizeram reforço muscular quase que diário durante a pré-temporada. Casos de Wellington, Cañete e Fabrício.

Os jogadores se reapresentaram no dia 3 de janeiro e neste sábado já estarão em campo. Os 16 dias de trabalho não são suficientes para que o elenco comece a temporada em suas melhores condições.

Por isso que a expectativa da comissão técnica é de tirar o máximo de cada atleta apenas a partir da segunda metade de fevereiro.

– Isso é muito individual, mas o fator de a gente já conhecer o grupo nos ajuda bastante. Dentro de um mês, um mês e pouco, o time deve estar jogando do jeito que a gente espera – concluiu o preparador.

Devido ao calendário apertado, antes desse prazo, o São Paulo vai definir o futuro na Copa Libertadores.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*