Palmeiras embala no 2º turno e ‘atropela’ desfalcado São Paulo

Passadas as primeiras oito rodadas do segundo turno do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras aparece como grande favorito a se sagrar campeão nacional. No último domingo, o time comandado por Felipão ultrapassou o São Paulo e assumiu a liderança do torneio ao vencer o Cruzeiro no Pacaembu por 3 a 1. Com uma campanha notável nesta segunda metade da temporada, o Palmeiras agora terá a missão de manter o grande nível mostrado nas rodadas recentes e não deixar o Tricolor reagir.

Para se ter uma ideia, no primeiro turno, depois das oito primeiras rodadas do Brasileirão, o Flamengo figurava na ponta da tabela, com 17 pontos, seguido pelo São Paulo, com um tento a menos. No caso, o Rubro-Negro da Gávea, então líder do campeonato, contava com um aproveitamento de 70,8%.

Já neste segundo turno, passadas as primeiras oito rodadas, o Palmeiras vem mostrando o quanto é forte. Mesmo tendo de se dividir entre Libertadores, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro, o Palmeiras somou 20 dos 24 pontos disputados na competição por pontos corridos, desbancando o São Paulo do primeiro lugar e ostentando um aproveitamento de 83,3%.

Uma das razões para a ascensão do Palmeiras e a derrocada do São Paulo é a qualidade do plantel que cada um dos treinadores tem à disposição. Conforme o Campeonato Brasileiro vai chegando na reta final, os atletas acabam sofrendo mais com o desgaste físico, e o número de lesões aumenta. Quem tem mais opções de qualidade para substituir os titulares vem levando a melhor.

Neste segundo turno, por exemplo, o São Paulo só jogou com sua equipe ideal uma vez, no empate em 1 a 1 com o Paraná, na Vila Capanema. Depois disso, o técnico Diego Aguirre teve de lidar com os desfalques de nomes importantes do time, como Hudson, Arboleda, Bruno Peres, Joao Rojas e Everton, ora por lesão, ora por suspensão automática. O resultado disso? Duas vitórias em oito jogos.

O Palmeiras, por sua vez, atravessa momento completamente oposto. O time embalou no Brasileirão jogando com uma equipe alternativa e agora trabalha para não deixar que a possibilidade de título se transforme posteriormente apenas em um “oba-oba”. Dos oito primeiros jogos do segundo turno, o Palmeiras só entrou em campo com o time considerado ideal três vezes. Ainda assim, somou neste período seis triunfos e outros dois empates.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*