Osorio explica anotações e comemora estreia com vitória no São Paulo

Ensaiando algumas frases em português, o colombiano Juan Carlos Osorio concedeu sua primeira entrevista coletiva no estádio do Morumbi, na noite deste sábado. Satisfeito com o desempenho do São Paulo na vitória por 2 a 0 contra o Grêmio, o treinador comemorou o resultado contra uma equipe que, segundo ele, será um adversário direto, e falou sobre as chances do seu time no Campeonato Brasileiro.

Depois de elogiar a atuação de Luis Fabiano – o atacante abriu o placar diante dos gaúchos –, Osorio falou sobre sua postura no banco de reservas e se disse emocionado pela oportunidade de estrear no Morumbi no comando do time são-paulino.

– É muito difícil descrever. Estou muito orgulhoso de dirigir o São Paulo e muito feliz pela minha família e pelo meu povo na Colômbia – afirmou o treinador.

Osorio São Paulo (Foto: Marcos Ribolli)Osorio, durante a partida (Foto: Marcos Ribolli)

Confira alguns trechos da entrevista coletiva de Juan Carlos Osorio:

O que achou do elogio dos atletas?
– Não acho justo da minha parte acreditar nisso. Eu quero elogiar o bom trabalho do Milton. Continuo com uma ideia similar e obviamente somando algumas coisas pessoais. A vitória foi boa, contra um adversário direto. Mas todo o crédito é para os atletas. O próximo jogo nos permite trabalhar e melhorar outras coisas. Por agora, ainda é uma contribuição pequena. Espero que cada dia eu fale melhor o português. Eu falo sempre com meu assistente para escutar atentamente a opinião dele e tomar decisões durante o jogo.

Trabalho motivacional
– Eu acho que é muito importante e é parte da minha responsabilidade. Tenho a paixão pelo futebol como qualquer outro brasileiro. É a minha vida. Acredito que é um trabalho de equipe, de dirigir, ajudar, mas no final é com os jogadores no campo.

Anotações
– O que eu mais gostei foi o controle do jogo através da circulação, sequência longas de passes consecutivos. Isso permitia ao nosso time estar próximo e poder competir pela bola quando a perdíamos. Para melhorar? Muitas coisas. Mas no geral eu fico feliz, satisfeito.

Luis Fabiano
– Temos dois possíveis candidatos: Luis e Pato. Vamos alternar. Mas se o Luis jogar como hoje ele vai ser muito importante para nós. Não apenas pelos gols, mas pela maneira, pela forma de conectar e ajudar a recuperar a bola.

Anotações após o gol do Luis Fabiano
– O mais importante depois de fazer um gol é controlar o jogo. Por estatística, muitos gols passam ou são marcados nos cinco minutos seguintes ao outro gol. Porque libera o adversário de toda pressão. Eles tiveram a única oportunidade do primeiro tempo dois minutos depois de marcarmos. E isso eu anotei com a (caneta) vermelha.

Juan Carlos Osorio São Paulo (Foto: Marcos Ribolli)Osorio fez diversas anotações durante a vitória do São Paulo contra o Grêmio (Foto: Marcos Ribolli)

Vitória na estreia
– Estou muito satisfeito porque acredito que controlamos o jogo muito bem. Vendo o jogo anterior do Grêmio eles criaram muitas situações de gol. Eles têm bons jogadores como Luan, Mamute, Maicon, Pedro Rocha… E hoje os limitamos a uma opção.

Time para brigar pelo título
– Eu penso que temos um time muito técnico. Melhorando a organização vamos ser um time muito difícil de vencer. Respeito muito todos os times. Temos muitas equipes boas no Brasil, mas acredito na nossa equipe e nos nossos jogadores.

Reinaldo no lugar do Michel Bastos
– Eu assumo a responsabilidade de tirar o Michel Bastos, manter o Carlinhos como ponta. O Michel jogou três partidas em sete dias, é muito importante. Falamos com o Carlinhos antes do jogo. Eu perguntei e ele falou para mim que em 2012 havia jogado nessa posição no fim das partidas. Ele aceitou e que se fosse minha decisão jogaria. Coloquei o Reinaldo para ser marcador. Estava muito satisfeito com Michel, Souza e Denilson, mas temia pelos cartões.

Comparação com o futebol colombiano
– Os times brasileiros são muito técnicos. Todos jogadores controlam muito bem. O futebol colombiano é mais rápido. Lá, os pontas e atacantes são mais rápidos. Aqui são mais físicos, melhores nas jogadas aéreas.

Por que não comemorou os gols?
– O mais importante é de marcar é a reação do nosso time, controlar o jogo, não dar oportunidade ao rival. Sempre penso como o rival nos pode marcar, e como podemos controlar para que isso não acontece. Depois do jogo eu comemorei.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.