Opinião de são-paulino: pré-jogo São Paulo x Ponte Preta

Amigo são-paulino, leitor do Tricolor na Web, aqui o espaço é seu. Use-o para dizer o que espera para o jogo desta noite, no Morumbi, entre São Paulo e Ponte Preta, na estreia de Muricy.

9 comentários em “Opinião de são-paulino: pré-jogo São Paulo x Ponte Preta

  1. Nada mudou, a diretoria é a mesma, os jogadores são os mesmos, mas o técnico tem hoje a confiança da torcida. Não por que seja melhor que os demais, mas por que a torcida precisa de algo em que se agarrar. Se isto vai influênciar na conduta do time, é uma incognita. Só nos resta torcer, mesmo sabendo que se sairmos desta situação, somente a diretoria atual sairá fortalecida e todas as “lambanças” feitas serão esquecida, com provável continuidade da camarilha.
    Torço e lamento ao mesmo tempo.
    Saudações Tricolores.

  2. Tá bom, tem gente que acredita que a culpa é dos jogadores. É um direito de cada um pensar assim.
    Mas ficam aqui algumas questões para reflexão:
    – Quem escolheu e trouxe esses jogadores para o São Paulo? Eles vieram sozinhos?
    – Quem trouxe Lúcio (terceiro reserva na Juventus) e deixou Lugano, identificado com o clube e a torcida, para trás? Trouxe Fabrício e deixou Josué? Trouxe Jadson e um dia abriu mão de trazer Danilo de volta? Júnior César não servia para o São Paulo, mas Juan, Cortez, Carleto e Reinaldo, são melhores do que ele? E assim vai…
    – Por que estamos há 5 ou 6 anos trazendo jogadores como Renato Silva, Jean Rolt, Eduardo Costa, Wagner Diniz, Saavedra, Rodrigo Souto, Carlinhos Paraíba, Marcelinho Paraíba, Xandão, Piris, Dagoberto, Marlos, Leo Lima, Cléber Santana, Edson Ratinho, Caramelo, Silvinho, entre tantos outros, e nenhum vinga?
    – Qual jogador que o São Paulo trouxe nos últimos tempos que saiu melhor do que entrou?
    – Por que Jean, Arouca e Casemiro eram ruins no São Paulo e se deram bem longe do Morumbi?

    • Regis, boa tarde.
      Respeito muito seus comentários, mas gosto de um debate honesto.
      Jean: era o volante de quem o Hernanes havia dito que ele, Hernanes, não servia para amarrar suas chuteiras. Tá lembrado? Pois bem, o Muricy o colocou na lateral e ele vinha muito bem na marcação e também no apoio. Bastou ele errar dois ou tres gols, para os quais brilhantemente se apresentara e nos, torcida, pegamos no seu pé e a comissão técnica/diretoria achou melhor que ele não servia pro SP. Deu no que deu.
      Arouca: semelhante ao que aconteceu com o Jean, o Murici (olha ele aí) improvisou o Arouca na lateral direita, dando a entender que ele não seria bom volante, apesar de ter “destruido” jogando no Rio.
      Casemiro: apareceu como craque, subiu para os titulares, jogou vários jogos em alto nível e, depois, entrou em “parafuso”. Quis ganhar mais, se comparou ao Lucas e, enfim, começou a “fazer água”, não conseguiu se firmar jogando. Mudou de ares e, por enquanto, parece que vai bem.
      Vou lembrar outro que queimaram: Richarlisson. Não é nenhum craque mas é muito melhor do que todos nossos laterais esquerdos e até mesmo do que a maioria de nossos volantes. Rifaram o jogador.
      Trouxeram muita porcaria? Sim trouxeram. Mas, discordando de você, trouxeram o Jadson que demorou para se firmar mas que foi o melhor jogador de nosso time no fim de 2012 e primeiro semestre deste ano. Foi pra seleção (o Danilo nunca foi siquer cogitado para) por seu futebol apresentado e talvez o tenha esquecido por lá. Mas não podemos fazer de conta de que não é um dos melhores meia armador jogando no Brasil: talvez esteja apenas numa fase muito ruim, corroborada pelas péssimas apresentações de todo o time.
      Trouxeram, depois de muita luta e pedidos da torcida, o Ganso, que deve ter sido “afogado” lá em Santos, mas que nos custou o “zóio” da cara e, por enquanto, é a maior decepção de todos os contratados.
      O Dagoberto não foi em exemplo de profissional, mas ganhou alguns títulos no SP e acredito que não tenha saído muito menor do que entrou: apenas tinha um comportamento estranho que não nos passava confiança. Acho que o Carlinhos Paraiba surpreendeu positivamente; Rodrigo Souto, Marlos e Xandão foram negociados para fora do país (acredita-se que pelo que apresentaram no SP)
      enfim, não acho que o problema tenha sido de más contratações, acredito mais em falta de cobrança adequada (aí sim, culpo a diretoria) sobre quem ganha bem, e recebe em dia e não entrega um serviço adequado.
      Olha, neste debate aparece com força alguma culpa para o Muricy Ramalho. Perdemos o Oscar por falta de jeito e paciencia do treinador. Igualmente perdemos, na mesma esteira, o Lucas Piazon que se antecipou à falta de oportunidade e quis sair; talvez o próprio Lucas (Marcelinho) não tivesse vingado com ele, por falta dessa mesma paciencia em esperar pelo amadurecimento do jovem valor jogando. O Thiago Ribeiro, que vinha jogando bem sob o comando do Muricy, era cobrado demasiadamente forte e também não aguentou a concorrência dos mais experientes. Enfim “são muitas emoções” e muitos “ses”. O que sobra, e o que realmente nos interessa, é o “de hoje pra frente”. O Muricy, que cometeu tb seus pecados, é hoje nossa maior esperança e tenho certeza de que, com ele, o time vai reagir ( quer dizer: tb não é toooda essa certeza).
      Vamos torcer por melhores dias e atitudes.
      um abraço

  3. RUMO À SEGUNDONA . . . .
    Não me pagam para defender dirigentes.
    Pergunto: quantos penaltis o JJ errou? Ou, quantos passes o Leco entregou para o adversário; ou qq outro dirigente que ficou “caminhando” em campo e vendo a água rolar?
    O SP está há muito tempo sem jogar bem, para culparmos dirigentes. O elenco não é pior que o do Botafogo, do Atlético Paranaense ou da grande maioria dos times que jogam a série A. Crise política pode entrar em campo no caso de falta de pagamento de salários; no mais, quem quer que seja o diretor ou o presidente, se o salário está chegando, não pode fazer diferença na qualidade do futebol apresentado pelo elenco. O técnico sim: ele tem muita responsabilidade. É ele culpado por deixar empresários ou dirigentes influenciarem na escalação do time; é ele o responsável por preferir improvisar em algumas posições, preterindo especialista dela; é ele responsável por distribuir o time em campo e no planejamento do jogo.
    Então está certo. Devemos cobrar os que jogam e ganham bem pra isso.
    Qto ao jogo de hoje, volto a dizer: o SP não costuma se dar bem jogando contra os últimos colocados (e não é só este ano). Hoje eu tendo a acreditar que o fator MR fará a diferença (somando-se, lógico, o timeco da PP). Mas precisamos de uma grande goleada (tipo 5 a 0 por ex.) para voltar um pouco de esperança.
    Espero ver isso.
    Abraços aos sofredores . . .

  4. Bom, acabou o amarelao, a tiricia, porque se nao acabou,
    nao existe outro caminho, segundona, messsmo.
    Os adversarios estao somando seus pontinhos e estamos
    ficando, horrivelmente para tras, nao podemos perder
    essa perseguicao, e temos obrigacao de, em casa, dentro do
    MORUMBI, somarmos os tres pontos, tao necessarios.
    E questao de vida dou morte. A torcida, estara presente e incentivara,
    cabera, agora, a nossos jogadores transformarem-se em guerreiros,
    independente de quem entre jogando,
    e baterem nosso rival, que no minimo esta nas mesmas condicoes
    que as nossas, so que fora de casa. E ai, nao poderemos vacilar.
    Vacilando, ja era. Boa sorte, e joguem com vontade, raca, dedicacao, amor,
    esquecam suas vaidades, joguem coletivamente, se apoiem uns nos outros.

  5. EU ACREDITO QUE AS COISAS VÃO MELHORAR. OS TÉCNICOS TEM CULPA, MAS OS VERDADEIROS CULPADOS SÃO OS JOGADORES, DESSE ELENCO QUEM ESTÁ JOGANDO BEM? É FACIL FALAR QUE A DIRETORIA E O MOMENTO POLÍTICO ESTÃO ATRAPALHANDO, MAS COLOCAR A CULPA NOS JOGADORES NINBUEM COLOCA. PORQUE O TOLOI NÃO ESTÁ JOGANDO NADA? E O LUIS FABIANO, QUE NEM CORRE EM CAMPO? O OSVALDO, SEU FUTEBOL DESAPARECEU? O WELINGTON DEIXOU DE MARCAR? OS JOGADORES TEM CULPA SIM E AGORA O MURICY VAI COBRAR DESSES CARAS E ELES VÃO JOGAR DIREITO OU ENTÃO NÃO VÃO JOGAR MAIS. VAMOS VER. Ã DIRETORIA É CULPADA SE O JAGADOR PERDE PENALTI? O ROGERIO CENI, POR TUDO QUE JÁ FEZ POSSO PERDOAR MAS O JADSON, NÃO, QUERO QUE ELE ENTRE EM CAMPO E CORRA, O GANSO A MESMA COISA. VAMOS VER O QUE ACONTECE A PARTIR DE HOJE À NOITE.

    • Você acredita mesmo nisso? Ou jogam direito ou não jogam mais?

      Quer dizer que o Muricy tem um controle mental sobre a diretoria e os empresários que os demais técnicos não tem? Isso permite que ele coloque no banco um Luis Fabiano, que tem um dos salários mais altos do elenco e o clube está desesperado para vender? Como a diretoria vai permitir que os “patrimônios do clube” fiquem no banco, sendo que eles querem que fiquem em evidência, jogando, para poder receberem proposta e serem vendidos? Tipo o Wellington que queria sair mas seguraram.

      Só lembrando que o Muricy saiu do São Paulo justamente por corpo mole do elenco anos atrás, justamente por ser ranzinza e duro demais. Então essa conversa de que ele vai resolver sozinho e fazer o futebol dos caras voltar na base da porrada é a maior auto enganação que a torcida comete.

      O que ele pode melhorar é o posicionamento da defesa, tentar fazer o time parar de tomar tanto gol estúpido. Do meio pra frente, com os jogadores que temos vai ser difícil pois essa parte de ataque sempre foi um problema do Muricy. Se for ver onde ele realmente teve sucesso, foi em times com elencos bons ou muito bons: SP de 2006 pós libertadores e mundial, Fluminense com timaço, Inter com timaço (Tinga, Alex, Bolívar e Sóbis) e Santos com Neymar carregando nas costas. Quando sobrou pra ele montar elenco e começar do zero, foi demitido (São Paulo pós desmanche, Santos pós desmanche). Nesse ponto, de verdade, não consigo ver diferença para o Paulo Autuori.

      Se fosse pra ficarmos tranquilos com reconstrução de plantel, teríamos que ter trazido o Cuca. Esse sim sabe montar time (São Paulo pré 2005, Botafogo, Cruzeiro, Atlético MG).

  6. Não tem o que falar do jogo de hoje. O Muricy não é mágico, muito pelo contrário, tem suas limitações, até porque os jogadores são os mesmos, e, o pior de tudo, o quadro político do clube é o mesmo e sem perspectiva de melhora. Por sinal, é por isso que talvez o São Paulo seja o único clube brasileiro que quando muda de técnico, não muda em relação ao futebol apresentado.
    Acredito que a nossa chance esteja na força da simbiose criada entre Muricy Ramalho e a idolatria de boa parte da torcida por ele. Quem sabe esse “diferencial” possa nos salvar do rebaixamento daqui para frente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.