Opinião de são-paulino: pré-jogo Atlético Nacional x São Paulo

Amigo são-paulino, leitor do Tricolor na Web, aqui o espaço é seu. Diga o que espera para o jogo desta noite entre Atlético Nacional e São Paulo, em Medelim, pela Copa Sul-Americana.

6 comentários em “Opinião de são-paulino: pré-jogo Atlético Nacional x São Paulo

  1. O que esperar do jogo de hoje depois das ‘surpresinhas’ Conmerda?
    Ganso absurdamente suspenso por dois jogos sem fazer nada e o árbitro escolhido para apitar é o mesmo que apitou São Paulo e Calhordas na final da Sul Americana aqui em SP e permitiu todo tipo de violência por parte do amontoado argentino, que acabou resultando naquele final triste.
    Não sei o porquê damos importância à Conmerda e a essa Sul Americana, só para esse torneizinho sem vergonha ficar importante, porque sem o São Paulo ele não vale nada. E depois, se por obra do acaso o vencermos, seremos tungados mais uma vez na Libertadores.
    Se não for agora será depois.
    Tem gente sempre disposta a fazer o papel de otário, principalmente, no São Paulo.

  2. Um jogo complicado como os demais que foram na era Murici.
    Acredito sim num resultado positivo, desde que o pipokkka
    fique no banko. O Ademilson, nao pode sair e a unica saida
    rapida nossa, e esse jogador nao e egocentrico, e faz boas assistencias.
    Com Aloizio casou muito bem.
    Um bom jogo a todos e que tenhamos a competencia de voltarmos
    com a classificacao.
    Caso ela nao venha, nada a reclamar, nos moldes acima,
    porque o ano foi salvo por esse grande DT MURICI.

  3. Jogo difícil, nem tanto pela qualidade do adversário mais pela situação em si, fora de casa e a suspensão do Ganso sinalizando alto grau de dificuldade em relação à Conmebol, consequentemente arbitragem.
    Mais do que nunca, cabeça no lugar, cautela e posse de bola.
    Bom jogo a todos, saudações tricolores.

  4. Salvo algum acidente no início – tomar um gol logo nos primeiros lances do jogo,
    o jogo de hoje tem a cara do Muricy.
    Time fechadinho; valorização da posse de bola; marcação à partir do meio campo; saída, na boa, em contrataques, procurando não rifar a bola em todas jogadas de defesa.
    O time só vai precisar não jogar tanto com o RC porque este vai receber marcação dos atacantes do time adversário que devem lembrar bem o que aconteceu no Morumbí: é bom o Rogério treinar “chutão” pra frente.
    Só me preocupa uma coisa: parece que nesses jogos internacionáis a bola fica muito nervosa nos pés dos tricolores. Vai ser preciso ter tranquilidade para manter a posse e não ficar tocando rápido de mais para o parceiro em qualquer situação. Nisso o Ganso vai nos fazer muita falta – o Jadson tem essa “bola nervosa”.
    Não acredito em pênaltis, mas se acontecer temo pela nossa sorte. Mas vamos mesmo é resolver nos 90 minutos com muito coração e sofrimento.
    Sorte a todos . . .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*