Opinião de são-paulino: Ponte Preta 0 x 0 São Paulo

Amigo são-paulino, leitor do Tricolor na Web, aqui o espaço é seu. Use-o para elogiar, criticar, comentar, cornetar, enfim, diga o que achou do empate do time reserva do São Paulo com a Ponte Preta em 0 a 0, nesta tarde de domingo, no Moisés Lucarelli.

3 comentários em “Opinião de são-paulino: Ponte Preta 0 x 0 São Paulo

  1. Espero que o jogo tenha servido para mostrar um dos maiores problemas do São Paulo neste ano: elenco pequeno e sem peças de reposição.
    Temo que uma vitória na Sul Americana possa disfarçar as nossas deficiências e a diretoria não contrate jogadores para as posições carentes.
    Temos que ficar de ilho nisso.
    Sempre é bom lembrar que em confrontos contra os 3 primeiros colocados no Brasileiro (que estão acima de nós na tabela) só ganhamos uma única vez, contra o Atlético e em casa. Nas demais perdemos ou empatamos. O que talvez explique a nossa 4ª posição na tabela. E eles poderão ser nossos adversários na Libertadores do ano que vem.

    • De fato, ficou mais uma vez claro que não há nem sombra de reserva para o ataque e para a lateral esquerda. O time vai precisar, além de um reserva para o Luis Fabiano, de um bom substituto para o Lucas.
      E deu para ver que o Assunção vai sobrar no elenco do próximo ano, quando a concorrência deve aumentar devido a recuperação do Fabrício.

      • Se não temos reserva para a lateral esquerda, eu diria que não temos ainda um lateral direito no elenco. Douglas é pífio como lateral, pode, quando muito, quebrar um galho no meio de campo. Paulo Miranda está improvisado, é voluntarioso, mas não é lateral. Temos que contratar jogadores urgentemente para essas duas posições de lateral.
        Quanto ao Fabrício, ele é uma incógnita. Além do longo tempo parado, já tem idade. Tenho dúvidas se voltará a ser o mesmo Fabrício. E ficou mais do que provado que sem Wellington o nosso time é outro. Acho que ao invés de apostarmos no Fabrício teríamos que já pensar num novo cabeça de área pegador, no mínimo, para ficar na reserva do Wellington.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*