O que o São Paulo precisa para sair da zona da degola no fim de semana?

Campeão do Brasileirão três vezes na era dos pontos corridos (2006, 07 e 08), o São Paulo pouco ocupou a zona do rebaixamento nas 14 edições (552 rodadas) já disputadas neste formato: apenas 20 vezes antes de 2017. Mas só nesta temporada, o Tricolor já chegou à metade deste número: dez rodadas na zona da degola, igualando um recorde negativo de quatro anos atrás. Até entrar no buraco neste ano, o Tricolor, hoje com 23 pontos, não ocupava a zona do rebaixamento desde o Brasileirão de 2013, ano em que ficou dez rodadas no buraco. O São Paulo não depende apenas de si para deixar o Z4 na próxima rodada, quando recebe a Ponte Preta, no Morumbi, no sábado. A equipe precisa vencer a Macaca e torcer por três resultados.

Mas em caso de vitória, o Tricolor, em 19º lugar e a dois pontos do primeiro time fora do Z4, começará o domingo fora da degola, torcendo contra Avaí, Chapecoense e Vitória. Será preciso que os três não vençam Sport, na Ilha do Retiro, Cruzeiro, na Arena Condá, e Fluminense, no Barradão, respectivamente. Um triunfo tricolor combinado com derrota do Coritiba, que faz clássico fora de casa contra o Atlético-PR, também fará o São Paulo subir uma posição.

Há quatro anos, o Tricolor também virou o turno na zona do rebaixamento, no ano que em que ficou 12 jogos sem vencer (ficou nove em 2017). Foi conseguir alívio no início do returno, com a volta do ex-técnico Muricy Ramalho.

 

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.