No exterior, São Paulo enfrentará seleção da Copa das Confederações

O Sâo Paulo tem Recopa Sul-Americana e Brasileirão à vista, mas já se prepara para a viagem ao exterior que fará no fim de julho. A primeira parada é na Alemanha, onde enfrentará o Bayern de Munique pela Copa Audi, e ainda terá mais um confronto contra Manchester City ou Milan. Depois, joga a Eusébio Cup, contra o Benfica, em Portugal, antes de decidir a Copa Suruga, contra o Kashima Antlers, no Japão. Nessa excursão, serão adversários do Tricolor 11 jogadores que defendem seus países nesta Copa das Confederações, no Brasil.

O Bayern, primeiro adversário são-paulino, conta com os brasileiros Dante e Luiz Gustavo. Além da dupla, tem no elenco também o volante Javi Martínez, atualmente reserva na seleção espanhola. Milan e Manchester City se enfrentam na outra semifinal da Copa Audi. O vencedor pega quem ganhar entre São Paulo e Bayern, e os perdedores disputam o terceiro lugar. O Milan serviu cinco atletas à Azzurra, e quatro deles atuam como titulares no time do técnico Cesare Prandelli: o lateral-direito Ignazio Abate, o lateral-esquerdo Mattia De Sciglio, o meia Riccardo Montolivo e o atacante Mario Balotelli. Além deles, o Faraó, Stephan El Shaarawy, destaque da última Serie A e reserva na Itália, também participa do torneio no Brasil.

No Manchester City, os integrantes são espanhóis. Não têm o mesmo glamour dos craques de Barcelona e Real Madrid, mas estão sempre presentes nas convocações de Vicente Del Bosque. O meia David Silva até disputa a posição de titular, com Pedro e Fábregas, do Barça. Jesus Navas, transferido do Sevilla (ESP) ao City na atual janela, deverá estrear com a nova camisa na Copa Audi.

Na Eusébio Cup, o adversário será uruguaio. O lateral-direito Maxi Pereira, titular da Celeste e companheiro do capitão Diego Lugano é titular do Benfica, e tem tudo para enfrentar o São Paulo em Portugal.

Última escala da excursão internacional do São Paulo, o Japão não reservará adversários da Copa das Confederações, mas uma casa familiar aos brasileiros em outra edição da competição. Na Copa das Confederações de 2001, sediada na Coreia do Sul e no Japão, o Brasil ficou e jogou três jogos em Ibaraki, província do Kashima Antlers e do Estádio Kashima, que recebeu as três partidas da Seleção pelo Grupo B. Apesar de ser um dos maiores clubes do país, o Antlers não serviu nenhum atleta para esta Copa das Confederações.

Tantos duelos internacionais podem servir de inspiração também para os atletas são-paulinos. O meia Jadson, único do time que está entre 23 brasileiros na Copa das Confederações, ainda não jogou no torneio pelo Brasil. Ganso, Osvaldo e Luis Fabiano, convocados nos últimos tempos, ainda brigam por vagas para a Copa do Mundo de 2014, e podem ter, na excursão ao exterior, as últimas chances de enfrentar adversários que estarão no Brasil em 2014.

JOGADORES QUE ESTÃO NA COPA DAS CONFEDERAÇÕES

Bayern de Munique (ALE):
Dante (Zagueiro, Brasil)
Luiz Gustavo (Volante, Brasil)
Javi Martinez (Volante, Espanha)

Milan (ITA):
Mattia De Sciglio (Lateral-esquerdo, Itália)
Ignazio Abate (Lateral-direito, Itália)
Riccardo Montolivo (Meia, Itália)
Mario Balotelli (Atacante, Itália)
Stephan El Shaarawy (Atacante, Itália)

Manchester City (ING):
Jesus Navas (Meia, Espanha)
David Silva (Meia, Espanha)

Benfica (POR):
Maxi Pereira (lateral-direito, Uruguai)

ESTÁDIO KASHIMA, EM IBARAKI, JAPÃO

Copa das Confederações 2001:
Brasil 2 x 0 Camarões – Grupo B
Canadá 0 x 0 Brasil – Grupo B
Brasil 0 x 0 Japão – Grupo B

Copa do Mundo de 2002
Alemanha 1 x 1 Irlanda – Grupo E
Argentina 1 x 0 Nigéria – Grupo F
Itália 1 x 2 Croácia – Grupo G
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.