No Chile, Tricolor desafia o atual campeão da Sul-Americana

São Paulo e Universidad de Chile é um dos confrontos mais esperados da Copa Sul-Americana. Na noite desta quarta-feira, em Santiago, as equipes se enfrentarão pela primeira partida das quartas de final da competição continental. Torneio onde os chilenos são os atuais campeões.

Fato que aumenta ainda mais a motivação do Tricolor. Na edição deste ano, o São Paulo não perdeu fora de casa e marcou nos dois jogos. Ainda na fase brasileira, vitória sobre o Bahia, no Pituaçu, por 2 a 0, com gols do goleiro Rogério Ceni e do atacante Ademilson.

Já nas oitavas de final, empate em 1 a 1 com a LDU de Loja, no Equador. Empate que foi o suficiente para garantir a classificação do time paulista no jogo da volta no Morumbi, que também terminou empatado, mas desta vez sem gols.

“Será um jogão de bola. As duas equipes têm tradição na América do Sul e vamos lá para buscar um bom resultado. Sabemos das dificuldades, mas temos condições de vencer mesmo jogando fora de casa”, ressaltou o atacante Osvaldo, que reforça o time no Chile.

Atual campeã da Sul-Americana, a Universidad de Chile já entrou na competição deste ano nas oitavas de final. E precisou suar para conseguir a vaga. Após empate em 2 a 2 com o Emelec em Santiago, os chilenos venceram no Equador por 1 a 0 e seguiram no torneio.

“É uma competição internacional a ser vencida. Acho que seria bacana fechar o ano com um título, por isso vamos com dedicação máxima para esse jogo”, completou o goleiro Rogério Ceni, que nunca perdeu para a Universidad – uma vitória e um empate.

Para essa partida, o técnico Ney Franco não poderá contar com Luis Fabiano, artilheiro da equipe em 2012 com 28 gols. O camisa 9 são-paulino está com dores musculares e foi vetado para não comprometer o restante da temporada do atacante. Paulo Miranda, com um entorse no joelho esquerdo, também está fora.

Em contrapartida, Ney Franco terá, além de Osvaldo, a volta do meia Jadson. O camisa 10 cumpriu suspensão automática na última rodada do Brasileiro e está de volta. O são-paulino desfalcou o Tricolor após 41 partidas seguidas na equipe.

Apesar de enfrentar o atual campeão da Sul-Americana, o São Paulo tem boas lembranças da La U. Em 2005, os chilenos fizeram parte da campanha vitoriosa do Tricolor, que conquistou o tricampeonato da Libertadores. Ainda invicto contra eles, a equipe espera voltar com um bom resultado de Santiago.

UNIVERSIDAD DE CHILE X SÃO PAULO

Local: Estádio Nacional de Chile, em Santiago (CHI)
Data/horário: 31/10/2012, às 21h50 (horário de Brasília)
Árbitro: Martín Vázquez (URU)
Auxiliares: Miguel A.Nievas (URU) e Marcelo Costa (URU)

UNIVERSIDAD DE CHILE: Jhonny Herrera (Paul Garcés); O.González, José Rojas, E.Mena e M.Rodríguez; G.Marino (Cereceda), C.Aránguiz, G.Lorenzetti e S.Martínez; E.Gutiérrez e S.Ubilla. Técnico: Jorge Sampaoli.

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Douglas, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Denilson e Wellington;, Jadson, Lucas e Osvaldo; Willian José. Técnico: Ney Franco.

 

Fonte: Site Oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*