Ney tenta ajustar a zaga, que enfrenta o Fla com dupla titular pendurada

Nos quatro jogos em que comandou o São Paulo desde que foi contratado, o técnico Ney Franco ainda não conseguiu arrumar a defesa, que vem sendo o ponto negativo da equipe desde o início da temporada. Com o novo treinador, a equipe levou seis gols em três partidas. Nem a mudança do esquema tático do 4-4-2 para o 3-5-2 surtiu o efeito desejado.

Sem tempo para treinar, já que os duelos do Brasileiro estão sendo disputados quartas e domingos, Ney Franco recorreu a vídeos e aos bate-papos para tentar ajustar o setor. A equipe tem vacilado demais nas jogadas de bola aérea. Neste sábado, no único trabalho no campo que foi realizado antes da partida contra o Flamengo, o treinador deu ênfase a esse tipo de jogada.

– Temos potencial para não levar o gol nesse tipo de jogada e até marcar no ataque. No jogo passado, tivemos descuidos de posicionamento. Apesar do pouco tempo de treino, tem de ir para o campo e trabalhar, acredito que a repetição pode surtir o resultado esperado – afirmou o técnico.

Apesar da derrota para o Atlético-GO por 4 a 3 na última quarta-feira, quando o time chegou a estar perdendo por 4 a 1, Ney Franco afirma que o time está crescendo de produção.

– Acho que foi uma fatalidade no jogo e não podemos esconder o progresso. Está roubando mais bola, fazendo marcação pressão e vejo evolução – ressaltou.

O problema é que se já está difícil ajustar a defesa com os principais zagueiros em campo, a situação poderá ficar ainda mais difícil na próxima rodada do Campeonato Brasileiro. Rafael Toloi e Rhodolfo entrarão em campo contra o Flamengo pendurados com dois cartões amarelos. Quem for advertido, estará automaticamente fora da partida contra o Sport, marcada para o dia 5 de agosto, no Morumbi.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*