Ney Franco exalta placar contra “um dos melhores times da América”

Atual campeã da Copa Sul-americana e até então invicta em casa no ano, com 19 vitórias e seis empates. Foi nessa condição que a Universidad de Chile entrou em campo na quarta-feira para ser derrotada por 2 a 0 pelo São Paulo.

“É uma vantagem significativa, mas que também não nos dá certeza de classificação. É uma das melhores equipes da América do Sul. Temos que jogar desse nível para cima para confirmar a passagem”, disse o técnico Ney Franco, a uma semana do jogo de volta, no Pacaembu.

“Poderíamos até ter ampliado a vantagem. No primeiro tempo, tivemos capacidade de neutralizar os pontos fortes da La U e de fazer os gols. No segundo, tivemos o jogo sob controle. Fizemos uma boa partida contra um time que não perdia em casa”, enalteceu.

AFP

Treinador lembrou que a Universidad do Chile ainda não havia sido derrotada em 2012 no Estádio Nacional

O resultado em Santiago permite ao São Paulo perder por até um gol de diferença na quarta-feira que vem, no Pacaembu, para avançar às quartas de final do torneio. Caso devolva o 2 a 0, a Universidad do Chile força a decisão nas cobranças de pênalti.

 

Para esta partida, é provável que o time volte a contar com Luis Fabiano, que não viajou ao Chile em função de dores musculares. Seu substituto no Estádio Nacional foi Willian José, justamente o autor dos dois gols da equipe, aos oito e aos 18 minutos.

Com a classificação bem encaminhada, o elenco são-paulino retorna ao Brasil na noite desta quinta-feira. No dia seguinte, inicia preparação para enfrentar o Fluminense, no domingo, em duelo válido pelo Campeonato Brasileiro, no domingo.

 

Fonte:  Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*