Negociações entre São Paulo e Under Armour não evoluem

O São Paulo ainda não sabe qual empresa vai produzir o material esportivo da equipe de futebol na próxima temporada.

Oficialmente, existe um acordo em vigência com a Under Armour, e o vínculo terminaria apenas em 2019. Porém, a empresa americana quer renegociar os valores do contrato. O Tricolor não concorda. Com isso, foi acordado que o clube pode ir ao mercado procurar um novo parceiro. Mas isso não significa que a Under não possa permanecer.

Pelo que ficou acertado entre as partes, a Under Armour tem o direito de ficar se pagar 10% a mais de qualquer proposta feita ao São Paulo.

Atualmente, o Tricolor recebe R$ 15 milhões anuais pelo acordo que foi firmado no mandato do ex-presidente Carlos Miguel Aidar. Os problemas entre a fornecedora de material e o clube já vem de alguns meses e foi publicado, com exclusividade, pelo Tricolornaweb.

Vale ressaltar que, mesmo se não houver acordo, o Tricolor poderá usar o uniforme feito pela empresa americana até o meio de 2018. Por sua vez, a Under Armour terá o direito de comercializar o uniforme pelo mesmo período.

Questionado sobre o assunto após o sorteio dos grupos do Campeonato Paulista, o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva se limitou a dizer que “as partes estão conversando”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*