Na volta de Lucas ao São Paulo, Raí já deseja sorte ao meia no PSG

Após ganhar a medalha de prata com a Seleção Brasileira na Olimpíada de Londres (ING), Lucas retornou ao Brasil na madrugada da última sexta-feira e neste sábado, diante da Ponte Preta, no Morumbi, às 21h, o camisa 7 já estará em campo para defender o São Paulo.

Esta será a primeira partida do atleta com o técnico Ney Franco, que chegou ao clube no início do mês de julho e já tem motivos suficientes para comemorar o “reforço”. Com Lucas, o aproveitamento da equipe no Campeonato Brasileiro é de 66%. Sem ele, cai para 37%.

 

Porém, para o torcedor são-paulino, o retorno do meia terá um gosto diferente: será uma volta com clima de “adeus”. Isso porque, enquanto o atleta esteve na Inglaterra para a disputa dos Jogos, o Tricolor acertou sua venda – se apresentará somente em janeiro – ao Paris Saint-Germain (FRA) pelo valor de 43 milhões de euros (R$ 108,3 milhões), maior negociação da história do futebol brasileiro.

Por outro lado, quem só tem a celebrar é o torcedor do PSG, que espera que Lucas possa repetir a gloriosa passagem de outro jogador que deixou o Morumbi para brilhar em gramados franceses: Raí.

– Hoje o PSG tem vários grandes jogadores e ele (Lucas) ainda é jovem, mas acho que será titular e tem tudo para dar certo – disse o ex-camisa 10 e ídolo dos dois clubes, em entrevista ao LANCENET!

Apesar da oportunidade de seguir trajetória parecida, Lucas deixará o Tricolor de forma bem diferente do ex-são-paulino.

Com um Brasileiro, duas Libertadores e um Mundial no currículo, Raí deixou de ser apenas o “irmão de Sócrates” para se tornar ídolo e um dos mais importantes jogadores da história do São Paulo.

Status que Lucas não tem, mas que pretende buscar até o fim do ano, manifestando seu desejo de sair com um título. Nos próximos quatro meses, o camisa 7 terá duas tentativas para tentar galgar seu espaço no hall de tricolores ilustres: Brasileirão e Sul-Americana.

Se conseguirá? Impossível saber. Certo é que a torcida e o São Paulo esperam que Lucas chegue à França com o sonho realizado.

Confira um bate-bola com o ex-são-paulino Raí:

Acha que o São Paulo fez certo ao vender o Lucas?
Fez, sim. Foi uma proposta irrecusável, dando possibilidades de novos investimentos.

Os torcedores do PSG tem verdadeira adoração por atletas brasileiros. Acha que isso pesou?
Com certeza, mas também pelo histórico do Leonardo, de ser sempre bem sucedido com brasileiros. Já são cinco agora (Alex, Thiago Silva, Maxwell, Nenê e Thiago Motta) e a chance de dar certo com outros brasileiros é grande.

Acredita que, pelo Campeonato Francês apresentar nível técnico inferior a outros europeus, o Lucas se destacará mais facilmente?
A adaptação ao futebol europeu pode ficar mais fácil para um primeiro momento. E tem a vantagem de disputar a Liga dos Campeões. Assim terá várias experiências.

A escolha dele pelos milhões do PSG ao invés da história do Manchester United (ING) foi a melhor?
O PSG está com um super time, com ambições europeias, achei uma boa escolha. É um projeto novo e interessante. Sem contar a cidade (Paris) que, para mim, é mais interessante que Manchester.

Acha legal e natural uma comparação entre vocês dois?
Acho ótimo. Não será uma comparação de estilos. Desejo é que tenha o mesmo sucesso que eu.
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*