“Na Argentina já falam para prestar atenção no São Paulo”, diz Lugano

Superintendente de relações institucionais do São Paulo, Diego Lugano não esconde o entusiasmo quando o assunto é a perspectiva do clube para o futuro. Após as contratações de Daniel Alves e Juanfran, o Tricolor elevou seu patamar, e o ex-zagueiro não está preocupado com as cobranças que o estrelado elenco comandado por Cuca pode sofrer caso não conquiste bons resultados.

“Tem de ser cobrado, nós necessitamos de cobrança, mas de cobrança inteligente, não de torcedor no aeroporto, ameaça de morte. Isso é uma estupidez. Cobrança inteligente nós precisamos, porque o time é bom. Na Argentina já falam para prestar atenção no São Paulo, porque poderá ser protagonista no continente”, disse Lugano.

Embora o São Paulo esteja em ascensão desde o fim da pausa para a Copa América, é inegável que as contratações de Daniel Alves e Juanfran deram uma injeção de ânimo na torcida. O Tricolor já é o quinto colocado do Campeonato Brasileiro e a cada rodada se aproxima mais dos líderes da competição. Por isso, o conjunto da obra começa a impactar a maneira como pessoas envolvidas com o futebol enxergam o clube do Morumbi.

“Já estão vendo assim fora do Brasil. Temos de assimilar essa responsabilidade como positiva, porque você competindo lá em cima, um dia conquista o título”, prosseguiu Lugano, ciente da importância de o São Paulo voltar a erguer um troféu, algo que não acontece desde 2012, quando o clube faturou a Copa Sul-Americana.

“O elenco está fortíssimo, temos um grande elenco, trouxemos jogadores de muito peso internacional, treinador com experiência, está se fazendo as coisas bem. Agora é ter esperança e cremos na história de que podemos ser campeões. A cobrança, desde que seja civilizada, e não essa porcaria que vemos em aeroporto, se for inteligente, é bem-vinda, porque os jogadores precisam sentir isso”, concluiu.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.