Muricy vê semelhanças entre geração atual e o time tricampeão brasileiro

Paulo Henrique Ganso, Kaká, Alexandre Pato e Alan Kardec. Cada vez mais entrosado, o quarteto ofensivo do São Paulo começou a decidir jogos e a animar o normalmente sisudo técnico Muricy Ramalho . Do banco de reservas, o treinador já vê semelhanças entre a atual geração e a tricampeã brasileira, em 2006, 2007 e 2008.

Cinco anos depois, o treinador cita a garra do time comandado por ele para conseguir a sequência de títulos. Muricy acredita que o bom desempenho no Morumbi seja o diferencial para o sucesso.

– Agora, sim (as gerações estão parecidas). Aquele grupo (tricampeão) era brigador, não tomava gol fácil. Aqui no Morumbi não tinha para ninguém. Esse grupo está ficando com cara de time brigador, também. Não podemos só falar do quarteto (Kaká, Ganso, Pato e Kardec). O time todo está brigando. Tudo é questão de tempo (para ser campeão). Só jogando bonitinho não dá para ganhar. Temos de brigar, também, como estamos fazendo – afirma.

O capitão Rogério Ceni concorda com Muricy Ramalho, mas ainda diz que o atual elenco é mais talentoso do que o tricampeão brasileiro. O goleiro, porém, acredita que o São Paulo precisa conquistar títulos para que a comparação seja mais justa.

– É um grupo diferente daquele (de 2006, 2007 e 2008). O atual é ainda mais talentoso do que aquele. Só vamos poder ver semelhança se esse ganhar (títulos). Aí veremos semelhanças com aquele do fim da década passada – diz o capitão.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*