Muricy justifica ausências: “É preciso ser inteligente, pensar na frente”

Calendário apertado, partidas na sequência, jogadores desgastados. Preocupado com o Campeonato Brasileiro, Muricy Ramalho poupou algumas peças e viu o São Paulo ser derrotado para o Criciúma por 2 a 1, nesta quinta-feira, em Santa Catarina. Na entrevista coletiva concedida após a partida, o treinador disse que foi obrigado a mexer na equipe porque algumas peças sofriam risco de lesão. E que era natural que o time caísse de rendimento.

– Acontece que estamos com dificuldades com jogadores suspensos e machucados. A cabeça estava aqui, mas é preciso ser inteligente e pensar na frente. Se estivéssemos com todos os jogadores, teríamos mais facilidades – afirmou o treinador.

Com a derrota, o São Paulo terá de vencer no duelo de volta contra os catarinenses, marcado para a próxima quinta-feira, no estádio do Morumbi.

Veja abaixo os destaques da entrevista

Time desfalcado
Estamos com dificuldades em algumas posições. No ataque, o Osvaldo está machucado, o Luis Fabiano está machucado e o Ademilson vai para a seleção sub-20. Não poderia escalar o Kardec porque seria um risco muito grande.

Ausência das estrelas prejudicou o time
Sem dúvida. Aquele time está entrosado, disputou as últimas quatro partidas. Isso fez toda a diferença. Poderíamos ter levado um empate daqui, foi um jogo muito parecido. No geral, não foi uma boa partida.

Derrota atrapalha a campanha do time no Brasileiro?
De maneira nenhuma. Não atrapalha nada, é outra competição, outro foco.

Usará titulares na partida de volta contra o Criciúma?
Não posso pensar nisso. Tenho um jogo domingo.

Kaká e Tolói voltam domingo?
Eles eram os que mais preocupavam, mas já estão bem. Vão jogar.

O que falar do Figueirense, adversário de domingo
É um bom time, sempre joga bem em casa e está num bom momento. Será um bom jogo.

São Paulo vai atrás de um lateral?
Nós temos de estudar com carinho. Claro que é difícil, ele saiu em uma época que tudo está fechado. Complicou um pouco. Mas temos de olhar o mercado, pode ter algum bom jogador. Podemos trazer.

 

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “Muricy justifica ausências: “É preciso ser inteligente, pensar na frente”

  1. Seguindo o raciocínio de nosso técnico e querendo ser inteligente, vou começar a pensar nos campeonatos de 2015, quando, aí sim, vamos estar todos preparados para vencer.
    Ontem, mixtão contra mixtão, inclusive técnico interino, fomos piores: mas 2015 está logo aí! …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*