Muricy diz que bom desempenho do time depende ‘mais’ dos jogadores

O técnico do São Paulo, Muricy Ramalho, tem um elenco estrelado à disposição. Um dos mais caros do Brasil, o time tricolor conta com um setor ofensivo de peso, com Ganso, Kaká, Alexandre Pato, Alan Kardec, entre outros. Apesar da melhora, o resultado ainda não é o esperado pela diretoria e nem pelo treinador. Muricy não se ausentou da responsabilidade, mas ressaltou que a parcela maior para fazer a diferença dentro de campo é dos jogadores.

– Sempre depende do jogador, que precisa ter iniciativa e fazer a diferença dentro de campo. Cabe ao técnico preparar o jogador, posicionar no que ele tem de melhor dentro do campo. Mas não são os técnicos que fazem a diferença no futebol. Quem faz são os jogadores sempre. Técnico e comissão técnica são 20% ou 25% de uma equipe.  Quando eles (Kaká, Pato e Ganso) colocam em prática o que sabem, é muito difícil jogar contra eles. São jogadores acima da média, os diferentes do futebol. Mas é claro que é preciso ter um time por trás disso, ter jogadores que “carregam o piano – disse o técnico, em entrevista ao Arena Sportv.

Muricy ainda não contou com o time completo desde a volta da competição. Com lesões, suspensões e garotos com a Seleção Brasileira de base, ele foi para o clássico contra o Palmeiras no último domingo com apenas seis jogadores no banco. Para esta quarta-feira, contra o Internacional, o técnico não poderá contar com Souza, suspenso.

A partida, válida pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, acontece ás 22h, no Beira-Rio.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*