Muricy busca inspiração no passado e São Paulo ganha traços do tri

Seja por necessidade, falta de opção ou ainda por coincidência, o São Paulo de 2014 tem cada vez mais traços do time que faturou o tricampeonato brasileiro entre 2006 e 2008 sob o comando de Muricy Ramalho. Além da união do grupo, que o técnico gosta de elogiar o caráter, o Tricolor atual tem características táticas semelhantes às dos antecessores no clube.

No setor ofensivo, a mobilidade imposta por jogadores como Michel Bastos, Ganso, Kaká, Alexandre Pato e Alan Kardec se assemelha à da equipe de 2007. Mesmo com menos qualidade, Souza, Leandro, Dagoberto e Borges não guardavam posição e envolviam os adversários. Michel ainda pode ser comparado a Jorge Wagner: tanto por usar a camisa 7, tanto pelas assistências bolas paradas e chutes à longa distância.

Denilson e Souza ganharam entrosamento fino no segundo semestre e deram equilíbrio aos são-paulinos. Guardadas as devidas proporções, a fórmula de dois volantes com qualidade para sair jogando já havia sido vista em Mineiro/Josué, Richarlyson/Hernanes e Hernanes/Jean. Dos volantes, também surgiu a solução para a lateral direita. Em 2008, Zé Luis tomou conta da posição diante da inoperância de Joílson. Em 2014, Hudson se tornou remédio para a ofensividade de Auro.

Mas um setor segue longe dos anos de ouro de Muricy Ramalho no Morumbi. A defesa, consagrada pelo técnico em 2007 ao levar apenas 19 gols em 38 jogos, já levou 35 em 31 partidas. Para Muricy, o problema poderia ser resolvido se os beques ouvissem seu clamor e atuassem mais adiantados, como tem feito – muito bem – Edson Silva.

– Quando jogam do meu lado do banco, empurro e eles adiantam. No 2 tempo, do outro lado, se distanciam. Tomamos gols do Emelec (EQU) quando ficamos lá atrás. Eles querem defender, mas não é ficar atrás, é agredir. Mas já melhoramos muito com a zaga adiantada, tomamos menos gols – explicou Muricy.

O treinador agora torce para que Rafael Toloi se recupere de lesão ou que Antonio Carlos e Paulo Miranda, criticados pela torcida, entendam de vez a importância de obedecer às recomendações do técnico.

Fonte: Lance

4 comentários em “Muricy busca inspiração no passado e São Paulo ganha traços do tri

  1. Nada a ver a comparação, o time de 2006/08 podia não ser brilhante tecnicamente mas era mto eficiente, ao contrário da versão 2014. Qdo o tricolor entrava em campo sabíamos que o time ia vencer hoje não sabemos se virá uma gde partida ou um fiasco. Saudades daquele tempo….

    Bom, a direção tem que voltar a contratar jogadores que tenham “estrela” e sejam decisivos na reta final como jorge wagner, hernanes, miranda, e até danilo que saiu antes.

    Mas hoje temos paulo miranda, maicon, antonio carlos, edson silva jogadores que não seriam sequer reservas naquele tempo. Triste isso.

  2. Conversa!
    Nos dois gols tomados contra o Emelec a defesa estava adiantada. No primeiro a bola estava nas mãos do PM para bater a lateral. Como sempre, ninguém se apresentou para receber a saída, obrigando o lateral a alongar o lançamento que foi cortado em seu trajeto e, imediatamente, a bola foi lançada para o atacante que chegou antes e marcou. No segundo, da mesma forma, a defesa adiantada viu sair um lançamento nas costas do Edson Silva e o atacante, mais rápido, dominou e marcou. Acho que o Murici assistiu outro jogo.
    Sem querer, meu comentário acabou por inocentar o PM quanto a falhas nos gols sofridos naquele jogo: não que ele não tenha jogado muito mal na lateral…

    • Nada especificamente contra o Murici. Apenas me irrita esse jeito de sempre transferir a responsabilidade para os outros, como quando disse dos onze gols tomados pelo time, com o Auro na lateral, como se o menino fosse diretamente responsável por eles, e não o time todo que, mesmo podendo jogar em contra ataques, tomou ele, time, os gols nessas jogadas dos adversários. É só rever os gols daqueles jogos. . .

      • Concordo, expôs o menino sem necessidade, se ele não sabe marcar o que dizer do “zagueiro” antonio carlos que fez 2 gols contra no jogo contra o time da marginal??mas o muricy não disse nada e ainda o escalou no jogo seguinte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*