Morte de Juvenal Juvêncio completa um ano nesta sexta-feira

Folclórico presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio morreu há exatamente um ano. O dirigente não resistiu às complicações de um câncer de próstata em 9 de dezembro de 2015, aos 81 anos, quando estava internado no Hospital Sírio Libanês, na capital paulista.

Juvenal tinha uma boa relação com o ex-goleiro Rogério Ceni, apresentado como novo técnico do São Paulo na quinta-feira, um dia antes do aniversário de sua morte. No velório, em 2015, o ídolo definiu assim o antigo mandatário do clube: “Foi o cara mais empreendedor que conheci no São Paulo. Só temos a agradecer. Ele defendeu as cores e os interesses do clube. É uma pena que, perto do dia de eu parar de jogar, aconteça essa tragédia”.

Juvenal foi presidente do São Paulo em dois períodos, entre 1988 e 1990 e de 2006 a 2014, também integrando a diretoria do já falecido Marcelo Portugal Gouvêa à época dos títulos da Copa Libertadores da América e do Mundial de Clubes de 2005.

Tendo o CT de Cotia, destinado às categorias de base, como o seu grande xodó, Juvenal conquistou três Campeonatos Brasileiros durante a sua passagem pela presidência, em 2006, 2007 e 2008. No segundo mandato, comemorou somente a Copa Sul-americana de 2012.

Após deixar a presidência, Juvenal entrou em atrito público com o seu sucessor e antigo aliado Carlos Miguel Aidar, que acabaria afastado. Natural de Santa Rosa de Viterbo (SP), o histórico presidente são-paulino foi ainda advogado, investigador de polícia e deputado estadual. Era marcado por seus discursos inflamados e pelo bom humor.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Morte de Juvenal Juvêncio completa um ano nesta sexta-feira

  1. Vamos fazer justiça: Cotia foi uma brilhante ideia do PAULO ELISEO DE ANDRADE, encampada de imediato pelo Juvenal, que tornou aquele Centro de Formação de Atletas no seu xodó. A árvore cresceu frondosa e os frutos começaram a ser colhidos em larga escala neste ano…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*