Mistão do SP e Santos desinteressado buscam motivação em Cuiabá

Mesmo que vença o Santos neste domingo, o São Paulo pode ver o Cruzeiro ser campeão do Brasileiro com duas rodadas de antecedência. Uma simples vitória contra o Goiás garante o título aos mineiros, não importa o que o São Paulo faça em Cuiabá. Os dois jogos começarão às 17h.

Também por causa disso, pela primeira vez desde que iniciou a fase decisiva da temporada, o São Paulo resolveu que dará descanso a boa parte de seus titulares. A tendência é que Muricy Ramalho leve a campo um time composto de jogadores reservas e titulares mais descansados.

Depois da derrota para o Atlético Nacional, na Colômbia, ocasião em que muitos atletas pareciam “pregados” no gramado, Muricy decidiu focar na Sul-Americana. As chances de ainda ser campeão no Brasileiro são mínimas.

Uma vitória em Belo Horizonte garante o título ao Cruzeiro, independente de outros resultados. Se o Cruzeiro empatar e o São Paulo não vencer o Santos, ainda assim o título será dos mineiros. Se nem Cruzeiro nem São Paulo marcarem pontos (ou seja, se os dois perderem), o título mesmo assim ficará com os mineiros.

Em cenário tão desfavorável, o tricolor resolveu dar descanso a titulares. A única certeza da escalação para domingo é o goleiro Rogério Ceni, já verbalmente confirmado no clássico.

“A gente tem posto jogadores em situações complicadas, e muitos estão sofrendo com isso. Temos que ter o bom senso de reconhecer”, afirmou o treinador após o treino de sexta-feira. “A Cuiabá vai todo mundo viajar e lá eu vou escolher o time.”

Uma vitória, por outro lado, praticamente garante a equipe na Libertadores do ano que vem.

Santos

O Santos, por sua vez, não tem pretensão nenhuma na competição. Com 47 pontos ganhos, na oitava colocação, o time não tem chances de classificação para a Libertadores e também não corre risco de rebaixamento.

A única motivação dos santistas é quebrar um jejum de oito jogos sem vencer na temporada (cinco derrotas e três empates), a pior sequência do time no ano.

“É uma coisa que incomoda muito, ficar tantos jogos assim sem vencer, mas dá para ver que a equipe está lutando”, afirmou o volante Arouca, que descarta entrar em campo com a pretensão de ajudar o Cruzeiro  a ser campeão.

“Não pensamos em ajudar ninguém, queremos nos ajudar, tem essa questão de estar há oito jogos sem vencer. Se vencer e ajudar o Cruzeiro, vai ser mérito deles pelo que fizeram no campeonato inteiro”, completou.

Enderson Moreira pode contar com o retorno de Geuvânio. O camisa 45 está recuperado de uma lesão no músculo reto femoral da coxa esquerda. Enderson também terá à disposição David Braz e Eugênio Mena. O primeiro está recuperado de uma hérnia na coluna, enquanto Mena defendia a seleção do Chile em amistosos.

Os três podem ficar como opções no banco de reservas. Com isso, Enderson deve repetir a mesma escalação que empatou com o Atlético-PR no meio de semana.

O clássico será em Cuiabá porque a diretoria do Santos vendeu o mando de campo. O objetivo é fazer mais dinheiro no fim da temporada.

FICHA TÉCNICA
SANTOS X SÃO PAULO

Campeonato Brasileiro – 36ª rodada
Data e hora: 23/11/2014
Local: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)
Árbitro: Flavio Rodrigues Guerra (SP)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho e Marcio Luiz Augusto (ambos de SP)

SANTOS: Aranha; Cicinho, Edu Dracena, Neto e Caju; Arouca, Alison, Souza e Lucas Lima; Robinho e Leandro Damião. Técnico: Enderson Moreira

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Auro, Paulo Miranda, Antônio Carlos e Reinaldo; Denilson, Hudson e Boschilia; Alexandre Pato, Luis Fabiano e Osvaldo. Técnico:Muricy Ramalho

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*