“Mistão” do São Paulo tenta primeira vitória no Paulista ante o Água Santa

Após buscar um empate diante do Universidad César Vallejo e aliviar a pressão em cima da equipe na pré-Libertadores, o São Paulo agora busca a sua primeira vitória no Campeonato Paulista neste sábado, às 17h (de Brasília), contra o Água Santa, no estádio do Pacaembu. Para isso, conta com jogadores que até agora não tiveram muitas chances com o técnico Edgardo Bauza.

Como considerou a viagem para o Peru e o duelo em Trujillo muitos desgastantes, o treinador vai escalar uma equipe alternativa no embate, recheada de reservas. Será a chance esperada por diversos nomes que entraram pouco em 2016. Em virtude da busca incessante por entrosamento, Patón fez questão de utilizar os titulares o máximo de tempo possível.

“Realmente, para nós não é o melhor dos mundos, ficamos com menos oportunidades de atuar, mas tenho certeza que ele está olhando o trabalho de todo mundo”, disse o volante Wesley, que será titular no meio-campo, e foi elogiado internamente pela dedicação nos treinamentos. Hudson, contestado até o ano passado, será um dos poucos titulares em campo, ao lado de Denis e Rodrigo Caio.

No ataque, a expectativa fica pela presença do estreante Kieza. Depois de atuar com destaque nos treinamentos e ser inscrito na Libertadores, ele tentará mostrar para Bauza que pode ser uma boa opção goleadora, mesmo concorrendo com Alan Kardec e o argentino Jonathan Calleri, seu parceiro neste final de semana. “Vim para somar. Espero mostrar meu futebol dentro de campo nas oportunidades que tiver”, comentou o centroavante.

Do outro lado, após estrear na primeira divisão paulista vencendo a Ferroviária, em Diadema, graças a pênalti convertido pelo meia Tchô no fim do jogo, Água Santa faz mistério para o confronto deste sábado. Mas o técnico Márcio Ribeiro tende a escalar o volante Russo no lugar do veterano meia Guaru, deixando a equipe mais defensiva. A criação ficará com Éder Loko ou Tchô.

Ver o rival poupar atletas não anima o novato da Série A1 em 2016. “Será um jogo difícil. Eu preferia que o São Paulo viesse com o time titular, que consequentemente estaria mais cansado. Pelo jeito, vamos enfrentar aqueles atletas que estão buscando espaço, ou seja, vão correr os 90 minutos. Isso preocupa. É uma partida histórica e faremos nossa parte para sair com os três pontos”, prometeu o técnico, que está no grupo D, ao lado do Corinthians.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X ÁGUA SANTA

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 6 de fevereiro de 2016, sábado
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Vinicius Furlan (SP)
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Risser Jarussi Corrêa (ambos de SP)

SÃO PAULO: Denis; Caramelo, Rodrigo Caio, Lucão e Carlinhos; Hudson, Wesley, Wilder e Rogério; Kieza e Calleri
Técnico: Edgardo Bauza

ÁGUA SANTA: Roberto; Jonathan, Cléber, Eli Sabiá e Tarracha; André Rocha, Sérgio Manoel, Russo (Guaru) e Éder Loko (Tchô); Everaldo e Francisco Alex
Técnico: Márcio Ribeiro

Um comentário em ““Mistão” do São Paulo tenta primeira vitória no Paulista ante o Água Santa

  1. Estou curioso para ver como a equipe vai jogar sem um meia de ligação, talvez fique apenas o Hudson de volante jogando num 4 1 4 1, a certeza é que a defesa não deve tomar gol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*