Militão faz gol inédito, se redime em Salvador e agrada a Dorival

O polivalente Éder Militão marcou o seu primeiro gol como jogador profissional do São Paulo no triunfo por 2 a 1 sobre o Vitória, no último domingo, no Barradão. Zagueiro e volante na base, o jogador de 19 anos vem se destacando em outra posição no time principal: a lateral direita.

Foi nessa função em que atuou em Salvador, sendo seguro defensivamente e eficiente no ataque. Foram três desarmes, quatro rebatidas, 46 passes, sendo apenas quatro errados, um cruzamento e duas finalizações, uma que passou perto e outra no alvo, ambas de cabeça.

Dessa forma, Militão se redimiu do fraco desempenho na capital baiana, em 6 de agosto, quando o São Paulo perdeu por 2 a 1 para o Bahia, no encerramento do primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

Na ocasião, ele jogou como zagueiro e substituiu o suspenso Rodrigo Caio, ficando do lado direito do miolo de zaga composto também por Arboleda. Foi explorando o setor de Militão, porém, que os baianos marcaram os seus dois gols.

Antes da redenção em Salvador, o jovem defensor sofreu outro baque. Na vitória por 3 a 2 sobre o Cruzeiro, no Morumbi, em 13 de agosto, Militão começou como volante, mas foi mal e acabou substituído por Jucilei ainda no intervalo.

“Ele vinha trabalhando bem havia algum tempo. Teve a oportunidade como volante. Foi uma judiação ele não ter conseguido dar a dinâmica que vinha dando em treinamentos. Como lateral, ganhamos muita consistência. Ganhamos também mais um gomem de área”, avaliou o técnico Dorival Júnior, após a vitória tricolor.

Esta, no entanto, não foi a primeira vez que Militão jogou de lateral direito. Ainda sob o comando de Rogério Ceni, realizou a função em determinados momentos nas derrotas para Cruzeiro, em sua estreia como profissional, e Atlético-PR, por 1 a 0, ainda no primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

Já Dorival Júnior quase sempre o enxergou como lateral direito. Com 11 jogos no time principal do São Paulo, Militão foi a solução encontrada para o mal momento de Buffarini e a lesão de Bruno. “Fico satisfeito, porque ele tem características muito boas para atuar tanto por dentro quanto por fora”, ressaltou.

“Graças a Deus pude fazer uma bela partida, ajudar meus companheiros. Estou muito feliz pelo meu primeiro gol, o primeiro de muitos. A gente vai sair dessa. (A vitória em Salvador) Foi uma resposta muito imensa”, afirmou Militão, em entrevista à Spfc TV.

Com 27 pontos ganhos em 24 rodadas, o São Paulo é o 17º colocado do Brasileiro, ocupando a zona de rebaixamento, portanto. O elenco recebeu folga nesta segunda-feira e iniciará a preparação para o clássico contra o Corinthians na manhã desta terça, no CCT da Barra Funda.

Um comentário em “Militão faz gol inédito, se redime em Salvador e agrada a Dorival

  1. Éder Militão foi bem si na lateral bem melhor que os de origem da posição que vinham jogando se continuar assim com certeza vai ficar na posição um problema a menos pro técnico teve sim uma evolução no time está mais compacto menos buraco no meio campo arboleda foi muito bem principalmente nas bolas aerias vamos precisar muito dele neste final semana Rodrigo Caio continua a inda meio inseguro mas o goleiro foi muito bem tomara que contra os gambás ele feche o gol estamos precisando dessa vitoria mas não podemos sair igual louco pra cima do gambás eles só jogam por uma bola Dorival já deve saber como jogar contra os gambas time bem fechado e sair com velocidade pro ataque vamos ganhar com certeza aqui é São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.