Michel Bastos treina, mas só deve voltar a jogar na semana que vem

O meia Michel Bastos foi a maior novidade do São Paulo na manhã desta segunda-feira, no CCT da Barra Funda, na reapresentação do elenco após o empate por 1 a 1 com o Ituano, pelo Campeonato Paulista. O armador, que se machucou no clássico contra o Palmeiras, há uma semana, correu ao redor do gramado ao lado dos companheiros e iniciou a transição do departamento médico para a parte física.

O problema apontado foi um estiramento muscular na coxa direita, mesma lesão que ele sofreu diante da Ponte Preta, 15 dias atrás. Como ficaram preocupados pela repetição, os responsáveis por cuidar do atleta devem esperar um pouco mais para liberá-lo às atividades. Sua participação na partida contra o Botafogo-SP, nesta quarta, às 21h45 (de Brasília), no Pacaembu, está descartada. A ideia é tentar levá-lo ao clássico contra o Santos, no domingo, na Vila Belmiro.

Ao lado de Michel, os jogadores que foram titulares em Itu realizaram o tradicional treino regenerativo, correndo ao redor de um dos campos após uma parte ministrada na piscina. Calleri, que deu passe para o gol de Ganso, aproveitou a estadia no campo para trabalhar chutes a gol no encerramento da movimentação passada aos reservas, sendo um dos últimos atletas a deixar o gramado.

As ausências ficaram por conta do zagueiro Rodrigo Caio, convocado para a Seleção Olímpica, o também zagueiro Lyanco, a serviço da Sérvia sub-19, e do lateral esquerdo Eugenio Mena, chamado ao Chile para a disputa das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

Além deles, o técnico Edgardo Bauza não poderá contar com o goleiro Renan Ribeiro, em recuperação de uma apendicite, o zagueiro Breno, em tratamento de uma tendinite no joelho direito, o volante Wesley, com estiramento na coxa direita, o meia Wilder, com uma contratura na coxa direita e o atacante Rogério, também com estiramento na coxa, só que a da perna esquerda.

Somado aos problemas de convocados e lesionados, o treinador perdeu o meio-campista Thiago Mendes, expulso no final de semana, que terá de cumprir suspensão automática. Dessa forma, o mais provável é que ele mantenha João Schmidt na posição, dessa vez ao lado de Hudson. Na zaga, Lugano volta a ganhar seu espaço, enquanto Carlinhos ocupa a lateral esquerda.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*