Meio “pegador” e Luis Fabiano no “quesito gol” são armas do Tricolor

A entrada de Wellington na vaga que costumava ser ocupada por Maicon no meio-campo do São Paulo não fará o time do técnico Ney Franco atuar de forma mais recuada no clássico diante do Palmeiras, neste domingo. O próprio comandante garantiu que a alteração atende às exigências da partida e que o retorno de Luis Fabiano ao time titular ainda pode acelerar esse processo.

Depois de três partidas afastado por lesão na coxa direita, o artilheiro do São Paulo na temporada, com 24 gols em 31 partidas, retorna ao time para o Choque-Rei e, assim como a nova formação com Wellington no meio, foi confirmado por Ney Franco na coletiva de imprensa concedida após o treino desta sexta-feira, no CT da Barra Funda.

“Jogamos os quatro últimos jogos com um esquema 4-3-3 bem definido e com sucesso, mas agora entra o 4-2-3-1, com dois jogadores de pegada dando proteção para a linha de quatro, mas que são volantes que sabem sair para o jogo. Assim ganhamos também em força ofensiva. É um posicionamento que não muda a estrutura do time, mas não abri mão de dois jogadores de velocidade pelas laterais do campo para ajudar o Luis Fabiano”, falou Ney Franco, que comandou treino tático e coletivo na véspera do Choque-Rei.

A escalação garantida pelo treinador é a seguinte: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Edson Silva, Rafael Toloi e Cortez; Wellington, Denilson e Jadson; Lucas, Osvaldo e Luis Fabiano. O zagueiroRhodolfo é o único desfalque imediato, pois foi expulso no empate diante do Coritiba, na última rodada. Maicon, substituído por Wellington, fica como opção no banco de reservas, assim como Douglas, que perdeu definitivamente a vaga para Paulo Miranda.

Ney Franco só contou com Lucas e Jadson, que estavam com a Seleção Brasileira na Argentina, nesta sexta-feira e já definiu uma nova missão para seu camisa 7: “É a questão de marcar os laterais do adversário, fazer o corredor. Ele e o Osvaldo têm essa incumbência”. Sobre Luis Fabiano, o comandante tricolor é claro: “Ele vem para ajudar nossa equipe no quesito de gols”.

Fonte:  Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*