Maurren Maggi e São Paulo negociam acordo para estender parceria

Enquanto se prepara para estrear na temporada de 2013, Maurren Maggi negocia sua continuidade como atleta do São Paulo. O contrato que vinculava a saltadora ao clube terminou no final de 2012, e as duas partes procuram oficializar um novo compromisso.

Então campeã dos Jogos Olímpicos de Pequim-2008 no salto em distância, Maurren passou a representar o São Paulo em fevereiro de 2010. No acordo, viabilizado pela Nestlé através da Sollys, o clube contribuía apenas com sua ‘marca’, mas a parceria com a multinacional não será renovada.

Julio Casares, vice-presidente de marketing do São Paulo, espera costurar um acordo nos mesmos moldes com um novo patrocinador. “Estamos em busca de outra empresa. A Maurren foi e sempre será são-paulina”, afirmou o dirigente, que considera a renovação interessante na medida em que os Jogos de 2016 serão realizados no Brasil.

No último ciclo olímpico, a saltadora enfrentou uma série de lesões, passou por uma cirurgia no joelho e competiu menos do que esperava – não salta mais de 7,0m desde a final dos Jogos de Pequim. Em Londres-2012, caiu logo na fase classificatória ao registrar 6,37m.

“A Maurren tem toda a intenção de permanecer como atleta do São Paulo”, declarou o técnicoNélio Moura. Ele costuma participar das negociações de patrocínio do lado de sua pupila e espera ter novidades sobre as tratativas com o clube no próximo mês de fevereiro.

Fernando Dantas/Gazeta Press

Torcedora do São Paulo, a experiente saltadora Maurren Maggi espera permanecer como atleta do clube tricolor

Maurren Maggi, por sua vez, aposta no bom relacionamento com o São Paulo, defendido nos anos 1950 por Adhemar Ferreira da Silva, bicampeão olímpico no salto triplo. Torcedora do clube, ela costuma visitar o camarote do presidente Juvenal Juvêncio sempre que vai ao Morumbi.

 

Como a atleta planeja participar dos Jogos do Rio de Janeiro-2016, seu estafe considera ideal fechar um acordo válido pelo próximo ciclo olímpico. Atualmente, Maurren conta com o apoio da Companhia Energética de São Paulo (CESP), além da Caixa Econômica Federal, ligada à Confederação Brasileira de Atletismo (Cbat).

Após a eliminação precoce nos Jogos de Londres, a saltadora vem treinando desde outubro de 2012. Ela passou por um período de preparação no Rio de Janeiro no começo de janeiro e deve estrear na temporada em uma competição de menor porte, no mês de março.

“A Maurren está bem fisicamente e esses dias no Rio de Janeiro foram muito legais. Marcaram o final de um ciclo de preparação e foram super produtivos”, explicou Nélio Moura, que ainda adiantou a participação de sua pupila nos Grandes Prêmios do Brasil.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*