Mais uma universidade chilena no caminho do São Paulo

Saiu o adversário do São Paulo na semifinal da Sul-Americana. O Millionarios (COL) derrotou o Grêmio por 3 a 1 (na ida foi 1 a 0 para o Tricolor gaúcho) na noite desta quinta-feira e o Tricolor do Morumbi pegará a Universidad Católica (CHI), que passou pelo Independiente (ARG), na semifinal da competição.

O clube chileno já é um velho conhecido e um encontro entre as duas equipes, em 1993, traz ótimas lembranças aos são-paulinos. Na ocasião, São Paulo e Católica disputaram a decisão da Libertadores. No primeiro jogo, no Morumbi, goleada tricolor por 5 a 1, resultado que praticamente definiu o bicampeonato ao São Paulo. Na partida de volta, os cruzados (como são chamados no Chile), chegaram a assustar ao marcarem dois gols em 15 minutos. Porém, o placar ficou em 2 a 0 e o clube do Morumbi, com a larga vantagem construída em casa, sagrou-se bicampeão da América, em solo chileno.

Mas a Universidad Católica de hoje nada tem a ver com a forte equipe que chegou à final em 93. No Campeonato Chileno, o time ocupa apenas o nono lugar na classificação, com 23 pontos. O líder Colo Colo soma 33, empatado com a Universidad de Chile, eliminada pelo Tricolor nas quartas de final da Sul-Americana.

A má campanha no torneio nacional fez com que a Católica não conseguisse uma vaga nos playoffs da competição. Para o capitão dos cruzados Cristián Álvarez, só a classificação à final da Sul-Americana pode amenizar a situação.

– Por sorte estamos bem na Copa (Sul-Americana) e temos chance de ir à final. É um prêmio de consolo grande e pode curar as feridas da não classificação aos playoffs. Quero chegar à final e, quem sabe, ganhá-la. Foi um golpe duro (a eliminação) e para superar isso temos que tratar de chegar na decisão – disse, na última segunda-feira.

E para que as feridas do mau desempenho no chileno sejam cicatrizadas, a Católica conta com o artilheiro da Sul-Americana para superar o Tricolor. Trata-se do meia Michael Ríos, de 27 anos, que anotou – de pênalti – os dois gols da vitória (2 a 1) sobre o Independiente (ARG) na fase anterior, resultado que classificou os chilenos.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*