Mais estável e perto do G-4, São Paulo pega Bahia pela 4ª vez no ano

O São Paulo enfrenta o Bahia às 16 horas (de Brasília) deste domingo, em Salvador, em situação já melhor de quando o eliminou na Copa Sul-americana. Mais estável e novamente próximo do G-4, a equipe paulista encontra o rival pela quarta vez na temporada.

Além das duas vitórias na competição continental, o São Paulo bateu o Bahia também no primeiro turno do Campeonato Brasileiro. Apesar do bom retrospecto, ninguém externa confiança em demasia. O zagueiro Rhodolfo pede respeito ao adversário.

“Vai ser um jogo muito difícil, vai ser pedreira, até porque a viagem para lá é longa e cansativa. Só que a gente precisa dessa vitória, queremos muito essa vitória. Eles vão para o tudo ou nada também”, comenta o beque, que fará seu centésimo jogo pelo clube e terá mais uma vez a companhia de Rafael Toloi na defesa.

Djalma Vassão/Gazeta Press

São Paulo, de Rhodolfo, eliminou o time nordestino logo na primeira fase da Copa Sul-americana

O técnico Ney Franco tem uma única incógnita na formação titular: o substituto de Luis Fabiano, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Osvaldo e Cícero, em primeiro plano, e Ademilson e Willian José, correndo por fora, são as alternativas para ficar com a vaga do artilheiro da temporada, com 23 gols marcados.

 

Essa será a única mudança em relação à equipe que goleou o Botafogo por 4 a 0 no meio de semana. Resultado que a levou a 34 pontos, novamente próximo da zona de classificação para a próxima edição da Copa Libertadores. A rodada anterior também foi boa para o Bahia, que bateu o Santos de virada, na Vila Belmiro.

Se na época da eliminação da Sul-americana, a equipe nordestina lutava cabeça a cabeça para se afastar da zona de rebaixamento, agora a distância para a região é um pouco mais confortável, de quatro pontos. Ainda assim, o recém-contratado Jorginho contém qualquer possibilidade de euforia no Pituaçu.

“Temos que ter um pouco de calma. Ganhamos de um time muito bom, com um garoto acima da média (Neymar). Mas nós erramos muito ainda. Então nós temos que ter um pouco de pés no chão, um pouco de equilíbrio, para melhorarmos muito e sairmos dessa posição incômoda”, comentou o treinador.

Ele tem quase todo o elenco à disposição para esta partida. Os únicos desfalques são os laterais Coelho, em recuperação de lesão, e Ávine, que vem fazendo trabalho especial de fortalecimento, além do zagueiro Alisson, suspenso por dois jogos. Em contrapartida, volta a ter o goleiro Marcelo Lomba e o volante Fabinho após suspensão.

FICHA TÉCNICA
BAHIA X SÃO PAULO

Local: Estádio de Pituaçu, em Salvador (BA)
Data: 2 de setembro de 2012, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Márcio Chagas da Silva (RS)
Assistentes: Janette Arcanjo (Fifa-MG) e Fabiano Ramires (ES)

BAHIA: Marcelo Lomba; Neto, Titi, Danny Morais e Jussandro; Fahel, Diones, Hélder e Zé Roberto; Gabriel e Souza
Técnico: Jorginho

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Douglas, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Paulo Assunção, Denilson, Maicon e Jadson; Lucas e Osvaldo (Cícero)
Técnico: Ney Franco

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*