M1TO itinerante – Parte 01

Defender as cores do São Paulo fez o goleiro Rogério Ceni rodar o mundo, conhecer inúmeras cidades e atuar em diversos estádios. Dos 1177 jogos disputados pelo M1TO até aqui, ‘apenas’ 566 foram no Morumbi. O restante, como o palco que receberá o confronto com o Vitória neste final de semana, o Barradão, foi em arenas espalhadas pelos quatro cantos.

Até hoje, com o Morumbi, o capitão do Tricolor atuou em 140 estádios diferentes ao longo da carreira profissional. O Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho, popularmente conhecido como Pacaembu, com 41 partidas, foi o que mais recebeu o arqueiro são-paulino, seguido por Maracanã (35), Vila Belmiro (27) e Mineirão (20).

Completam a lista com os dez estádios mais ‘visitados’ por Rogério: Olímpico (17, ex-casa do Grêmio), São Januário (17), Brinco de Ouro (15), Serra Dourada (15) e Arena Barueri (14), onde o M1TO marcou o seu centésimo gol. O tento anotado diante do Corinthians, no triunfo por 2 a 1, pelo Campeonato Paulista de 2011, certamente e está gravado na memória do torcedor.

Mesmo longe de seus domínios, o M1TO conquistou títulos importantes e memoráveis na carreira, como o Mundial de Clubes da FIFA, em 2005, no estádio Internacional de Yokohama, em Yokohama (Japão), e o Tricampeonato Brasileiro, em 2008, no Estádio Valmir Campelo Bezerra, o Bezerrão (Gama-DF).

No Barradão, o próximo que receberá o goleiro, foram nove jogos (cinco vitórias e quatro derrotas). Já com no mínimo dez jogos, o melhor aproveitamento do capitão são-paulino é no Brinco de Ouro da Princesa, estádio do Guarani, em Campinas, onde o M1TO nunca foi derrotado. Em 15 partidas, foram 13 triunfos e apenas dois empates (91,11% dos pontos).

Já com no mínimo três atuações, outros estádios reservam bons fluidos ao maior goleiro do futebol mundial. Em São José do Rio Preto, no Estádio Benedito Teixeira (o Teixeirão), o camisa 01 também nunca foi batido. Foram oito vitórias e apenas um empate no estádio. No Machadão, que recentemente foi modernizado para receber a Copa do Mundo de 2014 e adotou o nome de Arena das Dunas, o MITO acumulou quatro triunfos e apenas um empate.

 

Fonte: Site Oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*