Luis Fabiano admite deixar o São Paulo e vê diretoria forçar saída.

Pela primeira vez desde que voltou ao São Paulo, Luis Fabiano admite deixar o clube. Não porque tem vontade, mas porque está incomodado com o modo com que a diretoria o tem tratado. Mesmo após falar com bom humor sobre a chance de sair, o atacante foi novamente informado pelo clube que poderá ser vendido caso uma boa proposta apareça. Com isso, se irritou, e já considera vestir outra camisa no segundo semestre de 2013. E o São Paulo tem propostas.

Chegaram ofertas por Luis Fabiano nos últimos dias ao presidente Juvenal Juvêncio e ao diretor Adalberto Baptista. A primeira veio pelo agente do jogador, José Fuentes: 4 milhões de euros (R$ 11,3 milhões) de um clube do Oriente Médio, prontamente recusada. Clubes de Grécia e Turquia também ofertaram. Estas são de 5 milhões de euros (R$ 14 milhões). Não chegam aos 6 milhões de euros (R$ 16,9 milhões) que o São Paulo quer, mas não foram rejeitadas. Estão na mesa, e podem ser consideradas.

O que incomodou Luis Fabiano foi ouvir da diretoria que gostariam de mantê-lo, e ouvir novamente o contrário pela imprensa. Agora, lhe foi falado que se uma boa proposta chegar, ele deverá pensar e analisar. O atacante tem contrato com o São Paulo até março de 2015, não queria deixar o clube, mas sente-se forçado pela diretoria a aceitar uma negociação. O sentimento do jogador é que está no São Paulo contra a vontade de quem lhe paga o salário.

E o posicionamento da diretoria pela venda de Luis Fabiano contraria até a comissão técnica. Após Juvenal Juvêncio e Adalberto Baptista dizerem no dia 10 de maio que Luis Fabiano poderia ser vendido, o treinador procurou os dirigentes. Falou que queria contar com o atacante no elenco, e que o São Paulo não acharia outra opção no mercado. Em vão.

O São Paulo ainda quer recuperar o investimento no atacante. Em 2011, gastou R$ 17,5 para tirá-lo do Sevilla (ESP). Mas pode considerar as atuais propostas. Para Luis Fabiano, a saída é uma realidade imposta.
Fonte: Lance

3 comentários em “Luis Fabiano admite deixar o São Paulo e vê diretoria forçar saída.

  1. Vende logo esse mala, vai enganar em outros clubes, chega de ficar deixando o time na mão e recebendo um salário absurdo. Ninguém aguenta mais ter esse jogador só no papel, e no SPFC não fez e não vai fazer diferença nenhuma.

    • Menos R$ 650 mil de prejuízo mensal, e ainda somamos ao valor da venda + R$ 4 milhões, caso se ele fosse permanecer até o final do ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.